Sopa de tomate assado

Sopa de tomate mais prática que essa eu duvido que exista! Tomate, pimentão, cebola e alho vão para o forno, em seguida para o liquidificador e pronto! Em menos de 1 hora estará no seu prato uma sopa quentinha e cheia de sabor.

INGREDIENTES

– 5 tomates italianos maduros
– ½ pimentão vermelho
– 1 cebola
– 2 dentes de alho
– 1 xícara de chá de água fervente
– azeite a gosto
– 1 pitada de pimenta calabresa seca
– sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto
– folhas de manjericão a gosto para servir (opcional)

MODO DE PREPARO: pré-aqueça o forno a 240 graus. Corte os tomates já lavados ao meio no sentido do comprimento. Descasque a cebola, corte na metade também no sentido do comprimento, e cada metade em 3 gomos. Lave o pimentão e corte ao meio, descartando as sementes. Corte essa metade em tiras de aproximadamente 1cm. A outra metade não será usada nesta receita. Descasque os dentes de alho e corte-os ao meio. Coloque todos os ingredientes em uma assadeira untada com azeite. Os tomates deverão estar com as cascas voltadas para baixo, pois assim soltam menos água. Tempere tudo com sal e pimenta-do-reino a gosto. Coloque um pouco de azeite sobre os legumes também. Leve ao forno e asse por 20 minutos ou até que estejam macios e levemente tostados. Após esse tempo, transfira tudo para o liquidificador, tempere com a pimenta, adicione a água fervente e bata até que fique um creme liso e cremoso. Ajuste o sal, decore com as folhas de manjericão e sirva em seguida!

Essa receita eu conheci com a Rita Lobo, no programa “Cozinha Prática”do GNT.

DICAS

Eu estava sem manjericão em casa, por isso acabei usando tomilho apenas para dar um verdinho ao prato.

A sopa fica com um sabor bem marcante de pimentão, portanto não recomendo para quem não gosta muito do ingrediente.

Anúncios

Novidade do “Quem Tem Medo de Cozinha?”

IMG_3727

Baunilha com doce de leite, damasco e nozes. Cobertura de chantininho espatulado e decoração em chantininho colorido e suspiros. O unicórnio em pasta é da “Maria com Açúcar”

Temos uma boa notícia para você que sempre perguntou sobre nossos bolos e sobre a possibilidade de encomendas e comercialização. Agora você poderá ter os nossos bolos na sua casa! Sim, isso mesmo! Depois de muita pesquisa, vários testes, degustações  entre amigos e parentes, montamos um catálogo com bolos de vários tipos (tradicionais de corte, decorados com chantininho, brigadeiro, buttercream, drip cake, naked cake, mini naked cake…) e sabores! São bolos personalizados, feitos artesanalmente, com os melhores ingredientes e muito carinho! Para mais informações ou para receber o nosso catálogo, envie um email para: quemtemmedodecozinha@gmail.com

Festival Fartura – Comidas do Brasil – São Paulo

festival fartura 2018Já ouviu falar no Festival Fartura? Trata-de de um evento que promove e desenvolve a gastronomia nacional, reunindo e integrando produtos, produtores, chefs, indústria, mercados e apreciadores da boa mesa. O festival reúne chefs e produtores de todos os estados do Brasil em um só lugar! Os visitantes têm a oportunidade de experimentar pratos,  de participar de palestras, de aulas teóricas e interativas com os chefs, e de comprar produtos para levar para casa. O encontro ainda conta com programação cultural, que inclui atrações musicais e cênicas. A edição de São Paulo acontece nesse final de semana, 04 e 05 de agosto, no Jockey Club, e os ingressos custam R$25,00 inteira e R$12,50 meia entrada.

Para ver a programação completa e para mais informações, acesse abaixo o site do evento.

http://farturabrasil.com.br/blog-festivais/2018-festival-fartura-sao-paulo/

FESTIVAL FARTURA – COMIDAS DO BRASIL 
Jockey Club
Av. Lineu de Paula Machado, 1263 – Cidade Jardim
São Paulo – S.P.
Sáb – 12h às 22h
Dom – 12h às 20h

Geléia de jabuticaba

Pelo que sei a temporada de jabuticaba se inicia com a chegada da primavera e seu auge acontece em outubro. Porém, parece que esse ano ela começou mais cedo. Estive em Campinas, interior de São Paulo, no último final de semana e os pés estavam lindos, carregadinhos! Colhemos aos montes e trouxemos pra casa. Chegando aqui, pensei em uma receita fácil onde pudesse utilizá-las antes que estragassem, já que estavam bem maduras. Logo me veio à cabeça esse receita de geléia de jabuticaba, que além de super natural – pois só leva as frutas, açúcar e água – é bem fácil e relativamente rápida. As jabuticabas são usadas com a casca e caroços, que somente depois são retirados. Se você quiser saber como fazer uma geléia deliciosa que vai bem com queijos, torradas, pães, pancakes, biscoitos, aí vai o passo a passo.

INGREDIENTES

– 350g de jabuticabas
– 2 1/2 xícaras de chá de água
– 2 xícaras de chá de açúcar cristal (utilizei demerara)

MODO DE PREPARO: lavar bem as jabuticabas. Colocar em uma panela, amassar com as mãos ou com um amassador de batatas, e cobrir com água. Eu usei 3 xícaras de água para esta quantidade de fruta. Levar ao fogo baixo por 1 hora mexendo de vez em quando. Com uma escumadeira, ir retirando a espuma que se forma na superfície.  Após 1 hora, coar as jabuticabas para utilizar só o suco. Nesta etapa não aperte muito as frutas, pois a geleia ficará muito ácida. Descarte as cascas e os caroços, volte o líquido para a panela e junte a mesma quantidade de açúcar. Por exemplo, no meu caso deram 2 xícaras de suco, portanto, utilizei 2 xícaras de açúcar. Levar ao fogo baixo mexendo de vez em quando até ponto de calda grossa, o que leva aproximadamente de 30 a 40 minutos. Colocar em um vidro esterilizado (ferver o vidro por pelo menos 15 minutos) ainda quente e tampar. Estará pronta quando esfriar por completo. Dura até 1 mês na geladeira.

Molho pesto de espinafre com castanha de caju

Como fazer molho pesto substituindo os ingredientes principais pelos ingredientes que eu tinha em casa? Ou em outras palavras, como fazer molho pesto sem manjericão e sem nozes? Foi me perguntando isso que descobri essa receita deliciosa de molho pesto de espinafre com castanha de caju! Na verdade eu pesquisei várias receitas, mudei um pouquinho aqui, mudei outro pouquinho ali, e criei a minha versão. O espinafre entra no lugar do manjericão e a castanha de caju substitui as nozes. Um molho simples e muito rápido que, além de acompanhar massas maravilhosamente bem, também pode ser servido com grelhados e saladas.

INGREDIENTES

– 1 maço de espinafre
– ½ xícara de chá de castanha de caju (sem sal)
– ½ xícara de chá de queijo parmesão ralado na hora
– ½ xícara de chá de azeite
– 1 dente de alho
– sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO: Destaque as folhas dos talos de espinafre e lave. No liquidificador, junte as folhas de espinafre, as castanhas, o parmesão ralado, o dente de alho e o azeite. Tempere com sal e pimenta-do-reino e bata até formar um molho liso. Sirva com sua massa preferida, grelhados ou saladas.

Hot Pork – O cachorro-quente que faz a diferença

foto: fernanda serra azulSe você ainda não conhece a versão de cachorro-quente do Hot Pork, não sabe o que está perdendo. Nós o elegemos como o melhor cachorro-quente de São Paulo! Criado pelo chef Jefferson Rueda – também proprietário do restaurante A Casa do Porco – o lanche (R$15) leva pão de leite artesanal, salsicha 100% porco, picles de cebola roxa e pepino, catchup de tomate com maçã, mostarda com tucupi e maionese com limão. Tudo feito na casa, sem corantes nem conservantes. Além dessa combinação incrível de sabores, a montagem também não é nada tradicional. Bem diferente dos cachorros-quentes que estamos acostumados a consumir, onde tudo se mistura e vira uma coisa só. Os molhos do hot pork são pingados cuidadosamente sobre a salsicha, formando um desenho belo e harmônico, assim como os seus sabores. A lanchonete também oferece uma opção vegetariana, o not pork, onde a salsicha de porco é substituída por outra, à base de tofu e cogumelos. Para beber, além de bebidas tradicionais como água, refrigerante e cerveja, tem a sidra de hibisco com abacaxi (R$12) e a cerveja da casa (R$13). O ambiente, alegre e divertido, é projeto do arquiteto Rafic Farah e foi inspirado na obra “Cirque Calder”, do artista americano Alexander Calder. A cozinha é voltada para o pequeno salão, e as preparações ficam visíveis ao público. O Hot Pork é lugar para se conhecer!

Hot Pork 
Rua Bento Freitas, 454 – Centro
São Paulo – S.P.
Seg a dom das 12h às 23h

Quibe de berinjela com recheio de coalhada para o Dia dos Namorados

Quando falamos em dia dos namorados sempre pensamos logo em um jantar especial, não é? Mas quem disse que para o amor tem hora?! Quem nunca deu uma escapada no meio do dia para namorar um pouquinho? Por isso eu pensei em um prato para o almoço de hoje! Quibe vegetariano de berinjela com recheio de coalhada: simples, leve, gostoso, e ainda vem em formato de coração. A refeição perfeita para os apaixonados apressadinhos que não aguentarão esperar a noite chegar para dar aquele xêro gostoso no seu amor… 💕

INGREDIENTES

– 2 berinjelas
– 2 dentes de alho
– 220g trigo para quibe
– 50g mel
– 60g azeite extra virgem
– sal a gosto
– pimenta a gosto
– coalhada seca (comprei pronta)

MODO DE PREPARO: Hidrate o trigo em 500 ml de água água morna. Faça um furinho com uma faca em cada berinjela para inserir um dente de alho descascado em seu interior. Na boca do fogão queime as cascas das berinjelas até ficarem carbonizadas e macias. Corte a berinjelas e tire a polpa raspando com uma colher. Bata no liquidificador formando uma pasta. Adicione o mel, o azeite e acerte com sal e a pimenta. Escorra o trigo deixando-o bem seco. Adicione o trigo hidratado à pasta de berinjela e acerte o tempero final. Tempere a coalhada com azeite e sal. Com o auxilio de um aro untado  – eu utilizei um cortador de biscoitos de coração, mas pode ser um aro redondo de preferir –  coloque uma camada de pasta de berinjela seguida por uma camada de coalhada temperada e finalize com a pasta de berinjela. Asse em forno a 180 graus por 35 minutos ou até dourar. Sirva com salada e com muito amor.