Molho pesto de espinafre com castanha de caju

Como fazer molho pesto substituindo os ingredientes principais pelos ingredientes que eu tinha em casa? Ou em outras palavras, como fazer molho pesto sem manjericão e sem nozes? Foi me perguntando isso que descobri essa receita deliciosa de molho pesto de espinafre com castanha de caju! Na verdade eu pesquisei várias receitas, mudei um pouquinho aqui, mudei outro pouquinho ali, e criei a minha versão. O espinafre entra no lugar do manjericão e a castanha de caju substitui as nozes. Um molho simples e muito rápido que, além de acompanhar massas maravilhosamente bem, também pode ser servido com grelhados e saladas.

INGREDIENTES

– 1 maço de espinafre
– ½ xícara de chá de castanha de caju (sem sal)
– ½ xícara de chá de queijo parmesão ralado na hora
– ½ xícara de chá de azeite
– 1 dente de alho
– sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO: Destaque as folhas dos talos de espinafre e lave. No liquidificador, junte as folhas de espinafre, as castanhas, o parmesão ralado, o dente de alho e o azeite. Tempere com sal e pimenta-do-reino e bata até formar um molho liso. Sirva com sua massa preferida, grelhados ou saladas.

Anúncios

Hot Pork – O cachorro-quente que faz a diferença

foto: fernanda serra azulSe você ainda não conhece a versão de cachorro-quente do Hot Pork, não sabe o que está perdendo. Nós o elegemos como o melhor cachorro-quente de São Paulo! Criado pelo chef Jefferson Rueda – também proprietário do restaurante A Casa do Porco – o lanche (R$15) leva pão de leite artesanal, salsicha 100% porco, picles de cebola roxa e pepino, catchup de tomate com maçã, mostarda com tucupi e maionese com limão. Tudo feito na casa, sem corantes nem conservantes. Além dessa combinação incrível de sabores, a montagem também não é nada tradicional. Bem diferente dos cachorros-quentes que estamos acostumados a consumir, onde tudo se mistura e vira uma coisa só. Os molhos do hot pork são pingados cuidadosamente sobre a salsicha, formando um desenho belo e harmônico, assim como os seus sabores. A lanchonete também oferece uma opção vegetariana, o not pork, onde a salsicha de porco é substituída por outra, à base de tofu e cogumelos. Para beber, além de bebidas tradicionais como água, refrigerante e cerveja, tem a sidra de hibisco com abacaxi (R$12) e a cerveja da casa (R$13). O ambiente, alegre e divertido, é projeto do arquiteto Rafic Farah e foi inspirado na obra “Cirque Calder”, do artista americano Alexander Calder. A cozinha é voltada para o pequeno salão, e as preparações ficam visíveis ao público. O Hot Pork é lugar para se conhecer!

Hot Pork 
Rua Bento Freitas, 454 – Centro
São Paulo – S.P.
Seg a dom das 12h às 23h