Pasta de beterraba e ricota

Essa pasta de beterraba com ricota além de linda, saudável e super versátil – pode ser servida como antepasto, no lanche natural, com torradinhas… – é bem fácil e fica uma delícia!

INGREDIENTES

– 130g de ricota
– 1 beterraba pequena ou meia grande cozida
– 2 colheres de sopa de leite
– 1 colher de chá de sal
– 1 colher de chá de suco de limão
– 1 colher de chá de azeite
– 1 dente pequeno de alho triturado
– pimenta do reino a gosto

MODO DE PREPARO: colocar todos os ingredientes no processador, liquidificador ou mixer e bater até que fique uma pasta homogênea.

DICAS

As quantidades de sal, azeite e suco de limão podem variar de acordo com o seu gosto. Eu sempre experimento e corrijo no final.

ASSISTA O VÍDEO DA RECEITA

Focaccia com Alecrim e Flor de Sal

Focaccia tem a cara de sexta-feira, vocês não acham? Acompanhada por uma cervejinha, vinho, drink, suco, alegram qualquer happy hour. Existem vários tipos de focaccia, e aqui mesmo no blog já postei outra receita que adoro, de uma focaccia que é mais semelhante a um pão italiano, mais crocante e firme por fora. Essa de hoje é mais macia, mais simples e rápida de fazer, mas não menos gostosa. Também pode ser coberta como uma pizza, com queijo, azeitona, tomate, cebola, e o que a sua criatividade mandar. Mas essa versão de alecrim e flor de sal é a minha preferida!

INGREDIENTES

– 140ml de água
– 1/2 colher de sopa de fermento biológico seco instantâneo para pães
– 1 e 1/2 colher de sopa de açúcar
– 1/2 colher de sopa de sal
– 1/4 xícara de chá de azeite
– 250g de farinha de trigo

MODO DE PREPARO: misture a água, o fermento, o açúcar e 2 colheres de sopa de farinha de trigo (tiradas da quantidade total) e deixe descansar por 10 minutos. Junte o azeite e o sal e vá adicionando a farinha de trigo aos poucos, até formar uma massa homogênea. O ponto é um pouco pegajoso e grudento, a massa não fica muito seca. Sove por 5 minutos e deixe descansar por 30 minutos. Unte uma forma (24x18cm) com azeite, ajeite a massa no fundo, e deixe descansar mais um pouco, por 20 minutos. Após esse tempo, pressione as pontas dos dedos levemente sobre a massa, fazendo pequenas depressões. Espete ramilhos de alecrim, salpique flor de sal, e regue a massa com um pouco de azeite. Leve ai forno pré-aquecido por aproximadamente 40 minutos, ou até que fique dourada.

DICA

Pode ser usado sal grosso no lugar da flor de sal.

Ratatouille ou legumes assados

Ratatouille é uma receita de origem francesa, da região da Provença. Seu nome significa picar, triturar, mas aqui no Brasil podemos chamar de legumes assados. O Ratatouille é muito versátil, pode ser servido quente ou frio, como prato principal ou acompanhamento. Eu adoro comer sobre o pão italiano, como se fosse uma bruschetta.  Por ser um prato super colorido e leve, acho que tem tudo a ver com o carnaval. Aí vai a minha versão do ratatouille!

PARA O RATATOUILLE

INGREDIENTES

– 1 berinjela grande
– 1 abobrinha italiana
– 1 pimentão amarelo
– 2 tomates italianos
– pimenta-do-reino e sal a gosto
– azeite a gosto

MODO DE PREPARO: fatie a berinjela em rodelas de 0,5cm e deixe de molho em água com 1 colher de sobremesa de sal por 10 minutos para tirar o amargor. Enquanto isso, prepare os demais ingredientes: corte em rodelas de 0,5cm a abobrinha, os tomates e o pimentão amarelo. Vale lembrar que deve-se tirar as sementes do pimentão antes de fatiá-lo. Escorra as berinjelas. Reserve.

Você pode usar o molho da sua preferência. O meu eu faço assim:

PARA O MOLHO

INGREDIENTES

– 3 tomates pelados
– 1/2 xícara do molho do tomate pelado
– 1 dente de alho amassado
– 1/4 de xícara de chá de cebola picada
– 1 colher de sopa de azeite
– pimenta-do-reino e sal a gosto.

MODO DE PREPARO: em uma panela aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho por aproximadamente 2 minutos. Adicione o molho e os tomates pelados e com a colher vá amassando até ficar homogêneo. Tempere com pimenta-do-reino e sal a gosto.

MONTAGEM

Cubra o fundo de um refratário com o molho de tomate. Sobre o molho, disponha as rodelas de berinjela, abobrinha, tomate e pimentão, alternadamente. Cubra com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por 30 minutos. Tire o papel alumínio volte ao forno, dessa vez a 230 graus, por mais 40 minutos, ou até que os legumes fiquem macios. Está pronto!

DICAS

Como eu disse, essa é a minha versão do ratatouille. Você pode adicionar outros ingredientes da sua preferência, como pimentão vermelho, cebola roxa, usar outros temperos como cominho,  orégano, etc…

Queijo cottage caseiro

Que tal economizar nas próximas compras deixando de fora o queijo cottage para produzir em casa? É super simples, rápido, não requer prática nem muitos ingredientes e ainda tem vídeo para ajudar! 🙂

INGREDIENTES

– 1 litro de leite integral
– 2 colheres de sopa de suco de limão tahiti

MODO DE PREPARO: em uma panela, levar 1 litro de leite até levantar fervura. Desligar o fogo e adicionar 2 colheres de sopa de suco de limão. Deixar esfriar e despejar o leite talhado sobre uma peneira coberta com um pano fino. Fazer uma trouxinha e torcer as extremidades do pano para que facilite a saída do soro. Abrir o pano, achatar um pouco o queijo com a mão, fechar o pano novamente, e colocar um prato mais pesado em cima, para dar uma prensadinha e fazer com que o restante do soro saia. Deixar dessa forma durante pelo menos 10 minutos. Abrir o pano, transferir o queijo para um prato, e amassar com um garfo. Está pronto para o consumo! Dura por aproximadamente 1 semana na geladeira.

DICA:

– Se preferir, pode temperar com sal, ervas, azeite, e o que mais sua criatividade mandar.

– Se quiser um queijo mais cremoso, pode adicionar um pouquinho de creme de leite.

ASSISTA ABAIXO O VÍDEO DA RECEITA

Chips de abobrinha no forno

Que tal um petisco saudável, rápido e super saboroso para o happy hour dessa quinta-feira? Esses chips de abobrinha são uma delícia e – se você não estiver de dieta – ficam perfeitos acompanhados por uma cervejinha bem gelada. Mas se você quiser manter a forma ou deixar o álcool só para o fim de semana, ele também vai muito bem com um suco de frutas. Presta atenção que é vapt-vupt!

INGREDIENTES

– 1 abobrinha grande
– azeite
– sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo: corte as pontas da abobrinha e exclua. Corte em fatias bem finas utilizando um mandolim ou ralador. Disponha as abobrinhas em uma base preparada com papel toalha, lado a lado. Salpique sal e deixe descansar por 30 minutos para soltar bem a água. Coloque papel toalha por cima, para retirar toda a água que ela soltou. Em uma forma forrada com papel manteiga culinário, disponha as fatias de abobrinha, pincele azeite (bem pouco para não encharcar) e tempere com pimenta-do-reino moída na hora. Leve ao forno pré aquecido a 180° por aproximadamente 30 minutos, ou até dourar levemente. Retire do forno e espere esfriar. Sirva a seguir!

Legumes crus com queijo de iogurte

Olá seguidorxs do QTMDC! Mais uma vez peço desculpas por ter ficado tanto tempo sem postar por aqui. Passei por momentos difíceis recentemente, com a partida do Billy, meu companheiro de quatro patas. Billy era um cocker dourado lindo e glutão, que eu chamava de meu co-piloto na cozinha. Era só eu começar a preparar algo que lá estava ele, deitado no tapete da cozinha a me observar, e a esperar algum petisco. Billy tinha um coração enorme, maior ainda que as orelhas! Porém, a idade fez com que esse grande coraçãozinho fosse ficando fraco, até parar. Foi uma convivência linda e deliciosa de 15 anos, e tenho certeza que vocês podem imaginar o quanto ele está fazendo falta. E a falta, faz com que a gente perca um pouco a vontade de fazer as coisas, mesmo aquelas que a gente mais gosta. E foi por isso que me ausentei um pouco do blog. Mas dizem que o tempo cura tudo, e dessa forma, aos poucos, estou tentando voltar à minha rotina… Ou melhor, aos poucos estou tentando criar uma nova rotina sem ele, o que tem sido bem doloroso, mas sei que de uma forma ou de outra ele estará sempre comigo!
A receita de hoje é como o Billy, linda e alegre! Sempre gostei de fazer palitos de cenoura e pepinos com molhinhos como petiscos para recepções e festas, e quando vi essa opção de queijo de iogurte como acompanhamento para os legumes em um dos episódios do Cozinha Prática da Rita Lobo, adorei. É muito fácil, você só precisa fazer com antecedência, pois o soro tem que ficar drenando por no mínimo 8 horas.

PARA O QUEIJO DE IOGURTE

INGREDIENTES

– 4 potes de iogurte natural (170 g cada)
– 1 colher de chá de sal
– folhas de hortelã picadas a gosto
– orégano a gosto
– azeite a gosto
–  sal a gosto

MODO DE PREPARO: forre uma peneira com um pano de algodão fino e limpo e apoie sobre uma tigela funda – se a tigela for rasa, o soro drenado fica em contato com o iogurte. Pode ser papel toalha ou filtro de café descartável também, eu testei e deu certo! Numa tigela, misture o iogurte com o sal e transfira para a peneira forrada. Leve para a geladeira e deixe drenar por 8 a 12 horas – o iogurte vai liberar o soro aos poucos e ficar com a consistência de uma coalhada firme. Se necessário, durante a drenagem, descarte o líquido para evitar o contato do soro com o iogurte. Assim que estiver firme, retire da geladeira.
Para temperar com hortelã: numa tigela pequena, misture metade do queijo com a hortelã picada e 1 colher de sopa de azeite. Prove e acerte o sal. Regue com um fio de azeite e decore com folhas de hortelã.
Para temperar com orégano: numa tigela, coloque cerca de 3 colheres de sopa de azeite. Com o auxílio de 2 colheres de sobremesa, raspe e modele o queijo, formando bolinhas. Transfira para a tigela com azeite, tempere com orégano a gosto e regue com mais um fio de azeite.
Eu fiz em 3 versões,  com hortelã, com orégano e puro, apenas com azeite.
Conserve na geladeira, coberto com filme, por até 5 dias.

PARA OS LEGUMES

INGREDIENTES

– 1 cenoura média
– 1 pepino japonês
– 1 pimentão amarelo
– 4 rabanetes pequenos

MODO DE PREPARO: lave e seque a cenoura, o pepino, o pimentão amarelo e os rabanetes. Descasque, descarte as pontas e corte a cenoura ao meio, no sentido da largura. Corte cada metade em fatias e as fatias em tiras. Descarte as pontas e corte o pepino ao meio, no sentido do comprimento. Com uma colher de chá, raspe e descarte as sementes do pepino. Corte cada metade ao meio, no sentido da largura e fatie em tiras grossas. Corte o pimentão ao meio, no sentido do comprimento. Corte e descarte as pontas, sementes e a parte branca do pimentão. Fatie cada metade em tiras de cerca de 1 cm de espessura. Mantenha a casca e parte da rama dos rabanetes. Corte cada um em quartos. Numa travessa grande, disponha os legumes fatiados e sirva a seguir com o queijo de iogurte temperado.

 

 

Focaccia com sal grosso e alecrim

Continuando no clima italiano, resolvi postar hoje outra receita que, assim como o pavê de maracujá,  já se tornou um clássico aqui em casa, a focaccia com sal grosso e alecrim. A focaccia é um tipo de pão italiano mais fino, semelhante a massa de pizza. Sua espessura tem no máximo 02cm e a sua textura, macia por dentro e crocante por fora, é uma delícia! Faço sempre e vai muito bem como aperitivo ou antepasto e dependendo do clima, acompanhada por uma cerveja gelada, ou por um vinho tinto. Não sou muito de fazer pão, sou cliente de vários lugares que oferecem pães maravilhosos, mas pra mim, a focaccia comprada não é nada comparada à caseira. Além disso, ela deixa um cheirinho delicioso de alecrim na casa enquanto está assando…

E pra quem tem medo de fazer pão porque acha que é complicado, porque tem o tempo de fermentação, porque tem que sovar, etc, essa receita – que peguei do site da Rita Lobo – é super detalhada, não tem erro.

Para o fermento

Ingredientes

– 1 xícara  de chá de farinha de trigo

– 1 tablete de fermento biológico

– 1 colher de sopa de mel

– 2 colheres de sopa de azeite

Modo de Preparo: levar 1 1/2 xícara de chá de água ao fogo, apenas para amornar, sem deixar ferver – caso contrário, o calor irá matar o fermento em vez de ativá-lo. Numa tigela, misturar o fermento com o mel, até ficar liso. Dica: unte com óleo (ou azeite) a colher de sopa para medir o mel, assim ele não fica grudado. Juntar a metade da água e 1 xícara de chá de farinha de trigo na tigela com o fermento. Misture bem e regue com o restante da água e junte o azeite. Mexa bem até que a mistura fique lisa. Tampe com um prato e deixe descansar por 30 minutos.

Para o pão

Ingredientes

– 1 1/4 de xícara de chá de farinha de trigo

– 1 1/4 de xícara de chá de farinha de trigo integral

– 2 colheres de chá de sal

Modo de Preparo: numa tigela grande, misturar as farinhas com o sal. Juntar o fermento preparado e misturar bem com as mãos, até obter uma massa lisa. Nesse ponto, ela fica bem mole, grudando nas mãos. Transferir a massa para uma superfície bem enfarinhada e sovar por 10 minutos, juntando mais farinha até dar o ponto, que é quando a massa desgruda das mãos. Em seguida, untar uma tigela grande com um pouco de azeite e colocar a massa para descansar e crescer por 1 hora. Cubra com um pano de prato limpo e úmido.

Para a cobertura e montagem

Ingredientes

– 1 ramo de alecrim

– 1 colher de chá de sal grosso

– 3 colheres de sopa de azeite

Modo de Preparo: preaquecer o forno a 180 °C (temperatura média). Numa assadeira antiaderente de cerca de 30 x 25 cm, espalhe 1 colher (sopa) de azeite. Transferir a massa para a assadeira, virando a tigela delicadamente. Unte as pontas dos dedos com azeite e vá fazendo furinhos na massa ao mesmo tempo que espalha, dando um formato ovalado. Não é necessário cobrir todo o fundo. Distribuir uniformemente os ramos de alecrim e regar com o azeite restante. Com a ponta do dedo, espalhe mais um pouco de azeite nos raminhos de alecrim. Polvilhe com o sal grosso. Levar ao forno para assar por 30 minutos ou até que as bordas fiquem douradas.

Dica

Da primeira vez que eu fiz, não tinha a farinha integral em casa, então utilizei apenas a farinha de trigo comum. Deu tão certo e ficou tão boa, que desde então não faço de outra forma! Porém, se você quiser uma versão um pouco mais saudável, é só seguir a receita original.

Pêra com mel e gorgonzola

IMG_8614Se tem uma coisa que eu adoro é a mistura de doce com salgado. Seja na entrada, no prato principal ou na sobremesa, a combinação desses sabores me encanta. Nesse sentido, um antepasto que eu adoro é pêra com mel e gorgonzola. Apesar de parecer um prato requintado, ele é bem simples de fazer. Essa receita, peguei no blog do Ráscal, uma rede de restaurantes bem conhecida aqui em São Paulo, que oferece uma buffet imenso de antepastos, onde a pêra com mel e gorgonzola está sempre presente. Eu sou fã! O sabor forte do gorgonzola é amenizado pelo doçura do mel, e a pêra assada no forno embebida pelo suco de laranja fica com uma maciez incrível. Se você também gosta do agridoce, não pode deixar de experimentar essa delícia!

Ingredientes:

– 1kg de pêra cortada ao meio sem miolo (usei a tipo Willians)

– 500ml de água

– 1 colher de sopa de suco de limão

– ½ xícara de chá de mel

– 1/4 de xícara de chá de suco de laranja

– 1/4 de xícara de chá de  gorgonzola

– 1 colher de sopa de cream cheese

Modo de preparo: Lavar bem e cortar a pêra ao meio (deixar o cabo). Com auxílio de uma colher de chá retirar uma parte do miolo. Deixar a pêra na água com suco de limão até finalizar a operação. Em uma vasilha colocar o mel e incorporar o suco de laranja até homogeneizar. Em uma forma colocar a pêra com a pele para baixo e pincelar com o mel. Levar a pêra ao forno pré aquecido a 200ºC por 30 minutos. Desligar e deixar a pêra murchar no forno fechado por aproximadamente 15 minutos. Em uma vasilha colocar o gorgonzola e o cream cheese. Misturar até homogeneizar. Retirar a pêra do forno, pincelar novamente com mel e rechear com gorgonzola. Levar ao forno pré aquecido 180ºC por mais 3 minutos. Depois é só saborear!