Ratatouille ou legumes assados

Ratatouille é uma receita de origem francesa, da região da Provença. Seu nome significa picar, triturar, mas aqui no Brasil podemos chamar de legumes assados. O Ratatouille é muito versátil, pode ser servido quente ou frio, como prato principal ou acompanhamento. Eu adoro comer sobre o pão italiano, como se fosse uma bruschetta.  Por ser um prato super colorido e leve, acho que tem tudo a ver com o carnaval. Aí vai a minha versão do ratatouille!

PARA O RATATOUILLE

INGREDIENTES

– 1 berinjela grande
– 1 abobrinha italiana
– 1 pimentão amarelo
– 2 tomates italianos
– pimenta-do-reino e sal a gosto
– azeite a gosto

MODO DE PREPARO: fatie a berinjela em rodelas de 0,5cm e deixe de molho em água com 1 colher de sobremesa de sal por 10 minutos para tirar o amargor. Enquanto isso, prepare os demais ingredientes: corte em rodelas de 0,5cm a abobrinha, os tomates e o pimentão amarelo. Vale lembrar que deve-se tirar as sementes do pimentão antes de fatiá-lo. Escorra as berinjelas. Reserve.

Você pode usar o molho da sua preferência. O meu eu faço assim:

PARA O MOLHO

INGREDIENTES

– 3 tomates pelados
– 1/2 xícara do molho do tomate pelado
– 1 dente de alho amassado
– 1/4 de xícara de chá de cebola picada
– 1 colher de sopa de azeite
– pimenta-do-reino e sal a gosto.

MODO DE PREPARO: em uma panela aqueça o azeite e refogue a cebola e o alho por aproximadamente 2 minutos. Adicione o molho e os tomates pelados e com a colher vá amassando até ficar homogêneo. Tempere com pimenta-do-reino e sal a gosto.

MONTAGEM

Cubra o fundo de um refratário com o molho de tomate. Sobre o molho, disponha as rodelas de berinjela, abobrinha, tomate e pimentão, alternadamente. Cubra com papel alumínio e leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por 30 minutos. Tire o papel alumínio volte ao forno, dessa vez a 230 graus, por mais 40 minutos, ou até que os legumes fiquem macios. Está pronto!

DICAS

Como eu disse, essa é a minha versão do ratatouille. Você pode adicionar outros ingredientes da sua preferência, como pimentão vermelho, cebola roxa, usar outros temperos como cominho,  orégano, etc…

Anúncios

Tartar de saint peter

O verão chegou, e para os dias quentes nada melhor que um prato bem leve e refrescante, não é? Esse tartar de saint peter é uma ótima opção!  O modo de preparo é super simples e serve até 4 pessoas.

INGREDIENTES

– 250g de filé de saint peter limpo e sem pele
– 1/4 de xícara de chá de azeite
– 1/4 de cebola roxa picadinha
– 1 colher de sopa bem cheia de alcaparras picadas
– 1 colher de sobremesa bem cheia de manjericão fresco
– páprica picante e pimenta-do-reino branca moída a gosto
– 1 colher de sopa de molho de soja (shoyu)
– suco de 1/2 limão tahiti

MODO DE PREPARO: numa tigela coloque 1/4 xícara (chá) de azeite, 1/4 xícara (chá)de cebola roxa picadinha, 1 colher (sopa) de alcaparras picadas, 1 colher (sobremesa) manjericão picado, páprica picante a gosto, pimenta-do-reino branca moída a gosto, 1 colher (sopa) de molho shoyu e suco de 1/2 limão. Misture bem. Adicione os cubos de saint peter e mexa bem. Deixe marinar por no mínimo 1h30 na geladeira. Sirva em seguida!

DICAS

Para que o tartar fique saboroso, o peixe deverá estar bem fresco.

Pode ser usado tilápia.

ASSISTA ABAIXO O VÍDEO DA RECEITA

Sopa creme de milho verde

Inverno pede sopa né? Mas isso não quer dizer que a gente tenha que passar horas na cozinha preparando um caldinho que esquente. Essa sopa creme de milho verde é uma das mais práticas e rápidas que conheço. É pá-pum!

INGREDIENTES

– 2 latas de milho-verde (400 g)
– 2 colheres de sopa de manteiga
– ½ cebola picada fino
– 2 xícaras de chá de leite
– 1 colher de sopa de cebolinha picada fino
– bacon em cubos
– sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO: Coloque o bacon em um prato forrado com papel toalha. Cubra com papel toalha também. Leve ao microondas em potência alta por 3 minutos ou até ficarem torradinhos. Reserve. Abra as caras de milho e passe por uma peneira para escorrer o líquido. Leve uma panela ao fogo médio e derreta a manteiga. Junte a cebola e refogue até ficar transparente, por cerca de 2 minutos. Junte o milho e refogue por 3 minutos. Tempere com sal e pimenta-do-reino e acrescente o leite. Cozinhe por mais 2 minutos, mexendo de vez em quando. Desligue. Transfira a mistura para a jarra do liquidificador e bata por aproximadamente 4 minutos. Segure firme a tampa do liquidificador com um pano de prato para evitar que o vapor do caldo abra a tampa. Coloque uma peneira sobre a panela e coe o creme. Com as costas de uma colher, pressione o bagaço, para extrair o máximo de liquido que puder. Volte a panela ao fogo médio e deixe cozinhar por cerca de 2 minutos ou até a sopa esquentar. Na hora de servir, salpique a cebolinha e o bacon.

 

Chips de abobrinha no forno

Que tal um petisco saudável, rápido e super saboroso para o happy hour dessa quinta-feira? Esses chips de abobrinha são uma delícia e – se você não estiver de dieta – ficam perfeitos acompanhados por uma cervejinha bem gelada. Mas se você quiser manter a forma ou deixar o álcool só para o fim de semana, ele também vai muito bem com um suco de frutas. Presta atenção que é vapt-vupt!

INGREDIENTES

– 1 abobrinha grande
– azeite
– sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo: corte as pontas da abobrinha e exclua. Corte em fatias bem finas utilizando um mandolim ou ralador. Disponha as abobrinhas em uma base preparada com papel toalha, lado a lado. Salpique sal e deixe descansar por 30 minutos para soltar bem a água. Coloque papel toalha por cima, para retirar toda a água que ela soltou. Em uma forma forrada com papel manteiga culinário, disponha as fatias de abobrinha, pincele azeite (bem pouco para não encharcar) e tempere com pimenta-do-reino moída na hora. Leve ao forno pré aquecido a 180° por aproximadamente 30 minutos, ou até dourar levemente. Retire do forno e espere esfriar. Sirva a seguir!

Legumes crus com queijo de iogurte

Olá seguidorxs do QTMDC! Mais uma vez peço desculpas por ter ficado tanto tempo sem postar por aqui. Passei por momentos difíceis recentemente, com a partida do Billy, meu companheiro de quatro patas. Billy era um cocker dourado lindo e glutão, que eu chamava de meu co-piloto na cozinha. Era só eu começar a preparar algo que lá estava ele, deitado no tapete da cozinha a me observar, e a esperar algum petisco. Billy tinha um coração enorme, maior ainda que as orelhas! Porém, a idade fez com que esse grande coraçãozinho fosse ficando fraco, até parar. Foi uma convivência linda e deliciosa de 15 anos, e tenho certeza que vocês podem imaginar o quanto ele está fazendo falta. E a falta, faz com que a gente perca um pouco a vontade de fazer as coisas, mesmo aquelas que a gente mais gosta. E foi por isso que me ausentei um pouco do blog. Mas dizem que o tempo cura tudo, e dessa forma, aos poucos, estou tentando voltar à minha rotina… Ou melhor, aos poucos estou tentando criar uma nova rotina sem ele, o que tem sido bem doloroso, mas sei que de uma forma ou de outra ele estará sempre comigo!
A receita de hoje é como o Billy, linda e alegre! Sempre gostei de fazer palitos de cenoura e pepinos com molhinhos como petiscos para recepções e festas, e quando vi essa opção de queijo de iogurte como acompanhamento para os legumes em um dos episódios do Cozinha Prática da Rita Lobo, adorei. É muito fácil, você só precisa fazer com antecedência, pois o soro tem que ficar drenando por no mínimo 8 horas.

PARA O QUEIJO DE IOGURTE

INGREDIENTES

– 4 potes de iogurte natural (170 g cada)
– 1 colher de chá de sal
– folhas de hortelã picadas a gosto
– orégano a gosto
– azeite a gosto
–  sal a gosto

MODO DE PREPARO: forre uma peneira com um pano de algodão fino e limpo e apoie sobre uma tigela funda – se a tigela for rasa, o soro drenado fica em contato com o iogurte. Pode ser papel toalha ou filtro de café descartável também, eu testei e deu certo! Numa tigela, misture o iogurte com o sal e transfira para a peneira forrada. Leve para a geladeira e deixe drenar por 8 a 12 horas – o iogurte vai liberar o soro aos poucos e ficar com a consistência de uma coalhada firme. Se necessário, durante a drenagem, descarte o líquido para evitar o contato do soro com o iogurte. Assim que estiver firme, retire da geladeira.
Para temperar com hortelã: numa tigela pequena, misture metade do queijo com a hortelã picada e 1 colher de sopa de azeite. Prove e acerte o sal. Regue com um fio de azeite e decore com folhas de hortelã.
Para temperar com orégano: numa tigela, coloque cerca de 3 colheres de sopa de azeite. Com o auxílio de 2 colheres de sobremesa, raspe e modele o queijo, formando bolinhas. Transfira para a tigela com azeite, tempere com orégano a gosto e regue com mais um fio de azeite.
Eu fiz em 3 versões,  com hortelã, com orégano e puro, apenas com azeite.
Conserve na geladeira, coberto com filme, por até 5 dias.

PARA OS LEGUMES

INGREDIENTES

– 1 cenoura média
– 1 pepino japonês
– 1 pimentão amarelo
– 4 rabanetes pequenos

MODO DE PREPARO: lave e seque a cenoura, o pepino, o pimentão amarelo e os rabanetes. Descasque, descarte as pontas e corte a cenoura ao meio, no sentido da largura. Corte cada metade em fatias e as fatias em tiras. Descarte as pontas e corte o pepino ao meio, no sentido do comprimento. Com uma colher de chá, raspe e descarte as sementes do pepino. Corte cada metade ao meio, no sentido da largura e fatie em tiras grossas. Corte o pimentão ao meio, no sentido do comprimento. Corte e descarte as pontas, sementes e a parte branca do pimentão. Fatie cada metade em tiras de cerca de 1 cm de espessura. Mantenha a casca e parte da rama dos rabanetes. Corte cada um em quartos. Numa travessa grande, disponha os legumes fatiados e sirva a seguir com o queijo de iogurte temperado.

 

 

Onion Rings

Hoje é quinta-feira, o que quer dizer que já é quase sexta, e por isso já vai dando aquela vontade de que chegue logo o fim de semana pra gente comer uns petiscos  acompanhados por uma cervejinha bem gelada, né? Mas porque não aproveitar o alvoroço de fim de ano, sair da rotina, e começar a fazer isso hoje mesmo? Você pode começar a chamar o fim de semana com essa deliciosa receita de onion rings, ou seu você preferir, anéis de cebola! Foi a primeira vez que eu fiz, e apesar de fritura sempre dar um pouco de trabalho, eu achei super fácil. Levei uns 20 minutos para preparar, contando com os 10 minutos que os anéis de cebola têm que descansar no congelador, e mais uns 10 minutos para fritar. Ou seja, se você começar agora, em 30 minutos estará saboreando esses anéis de cebola deliciosos e super crocantes! Sim, eles ficam muito crocantes!

Ingredientes

– 2 cebolas grandes cortadas em anéis.

– 1 1/2 xícara de farinha de trigo.

– 1 1/2 xícara de farinha de rosca.

– 1 colher de chá de sal.

– páprica picante a gosto.

– 1 xícara de leite.

– o quanto baste de óleo de canola.

Modo de preparo: coloque a farinha de trigo em um refratário fundo, e tempere com 1 colher de chá de sal e com páprica picante a gosto. coloque a farinha de rosca em outro recipiente. faça a mesma coisa com o leite. Passe os anéis de cebola no leite. Em seguida, passe-os na farinha de trigo temperada, tomado cuidado para que eles fiquem totalmente envolvidos pela farinha. Banhe-os novamente e delicadamente no leite, e após, passe-os na farinha de rosca. Faça isso com todos os anéis. Coloque-os em um recipiente, e leve ao congelador por 10 minutos. Passados os 10 minutos, é só fritar em óleo quente. Para que fiquem bem sequinhos, a quantidade de óleo deve ser suficiente para cobrir os anéis. Seque em papel toalha e sirva em seguida.

 

Dicas

Para facilitar o processo, você  pode colocar a farinha de trigo temperada em um saco plástico e após banhar os anéis de cebola no leite, levá-los para o mesmo saco junto com a farinha. Segurar o saco fechando-o com uma das mãos, e sacudi-lo vigorosamente em todas as direções, até que a cebola esteja envolvida pela farinha. Retirar os anéis do saco, de depois de banhá-los novamente no leite, levá-los para outro saquinho com a farinha de rosca. Segurar o saco fechando com uma das mãos, e sacudi-lo vigorosamente em todas as direções. Assim você empana vários anéis de uma vez só!

Bolinho de arroz do Ritz

O Ritz é um restaurante muito conhecido aqui em São Paulo. A primeira unidade foi inaugurada em 1981, na Alameda Franca, no bairro dos Jardins. Hoje ele tem mais outras duas unidades, mas a minha preferida continua sendo a mais antiga. No cardápio super variado, entre outras coisas, um dos hits do Ritz 😛 é o bolinho de arroz! E outro dia, pesquisando sobre bolinhos na internet, não é que achei a receita do famoso bolinho? Aproveitei então que a Carol, uma de minhas irmãs, veio passar o sábado aqui em casa nesse final de semana, testei a receita para petiscarmos, e aprovamos! Realmente fica muito parecido com os bolinhos do Ritz, super sequinhos e gostosos! Aí vai a receita para quem quiser conferir.

 

Ingredientes

– 4 xícaras de chá de arroz cozido.
– 4 ovos.
– 1/4 de xícara de chá de farinha de rosca.
– 1 xícara de chá queijo parmesão ralado.
– 1/2 colher de chá de fermento em pó.
– 1/2 xícara de chá de salsinha.
– 1/2 xícara de chá de cebolinha.
– 1/2 colher de chá de sal.
– 1/4 de colher de chá de pimenta-do-reino.
– óleo para fritar.

Modo de preparo: Misturar todos os ingredientes em uma tijela. Com o auxílio de duas colheres, formar os bolinhos e fritar em óleo quente. Servir em seguida.

 

Dicas

Como de costume, resolvi dar o meu toque à receita. Adicionei um pouco de pimenta-dedo-de-moça aos outros ingredientes achei que combinou muito bem. Carol também gostou!

O bolinho de arroz vai muito bem acompanhado de molho inglês.

Para que fique sequinho, o óleo tem que estar quente e a quantidade deve ser suficiente para que o bolinho fique totalmente imerso.