Shimeji ao molho agridoce

Não sei se já falei aqui, mas eu a d o r o shimeji!  Descobri esse receita há pouco tempo e desde então fiquei viciada! Faço pelo menos uma vez por semana, geralmente como uma entradinha, mas já fiz também como molho para acompanhar bifes de filé mignon e combinou muito bem!
Diferentemente do modo como é preparado na maioria dos restaurantes japoneses, ele não é feito no pappilote, mas na frigideira. O sabor, apesar de bem semelhante ao dos restaurantes, fica um pouco mais adocicado. A receita pode ser feita com o shimeji preto ou com o branco, e o preparo é super rápido!

Ingredientes

– 1 bandeja de shimeji.

– 1 colher de sopa de manteiga.

– 1 colheres de sopa rasa de açúcar.

– 1/4 de xícara de chá de molho de soja (shoyu) + 2 colheres

– Cebolinha picada

– Sal a gosto

Modo de preparo: coloque os cogumelos em um escorredor. Separe-os com a mão, torcendo a base. Joque as bases do shimeji fora. Após separados, passe o escorredor com o shimeji rapidamente pela água corrente. Deixe escorrer (os cogumelos costumam ser porosos, o que significa que eles absorvem água. E acabam soltando muito líquido durante o cozimento). Leve uma frigideira grande ao fogo alto. Quando aquecer, acrescente a manteiga. Acrescente o açúcar e depois o shimeji e deixe no fogo alto por três minutos. Não mexa com colher ou espátula (para não soltar mais líquido), apenas faça movimentos circulares com a frigideira. Transfira o líquido da frigideira para um recipiente. Reserve. Com a frigideira ainda no fogo, acrescente o molho de soja e o sal, e mantenha no fogo por mais um minuto. Com o fogo ainda ligado, transfira o shimeji para um refratário. Coloque o líquido do cozimento na frigideira com mais duas colheres de sopa de molho de soja e mexa engrossar. Regue o shimeji com o molho da frigideira e salpique com a cebolinha. Sirva quentinho!

 

Dica

Eu não coloco sal e fica bem equilibrado, já que o shoyu é bem salgado.

Molho barbecue rápido

Receita relâmpago de molho barcebue. Simples e rápido, é só misturar tudo na panela! Com esse molhinho as carnes ficarão muito mais gostosas e atraentes, especialmente as carnes de porco. Experimente!

Ah, a receita é tão prática que deu tempo até de fazer um vídeozinho explicativo! 😎

Ingredientes

– 1/2 xícara de chá de açúcar mascavo.

– 4 colheres de sopa de molho inglês.

– 1/2 xícara de chá de mostarda.

– 1 xícara de chá de ketchup.

– 1/2 xícara de chá de vinagre branco.

– 1 xícara de chá de água.

– 1 colher de chá de pimenta-do-reino.

– 1 pitada de sal.

Modo de preparo: em uma panela grande,  misturar todos os ingredientes. Levar ao fogo alto mexendo, até começar a ferver. Quando começar a ferver, abaixar o fogo e deixar cozinhar por aproximadamente 20 minutos.

Assista o vídeo da receita:

Sunomono (salada de pepino)

Me animei com o frango xadrez que deixei aqui para vocês no começo da semana, e resolvi continuar no tema das receitas orientais! Hoje vou ensinar como preparar o sunomono, uma entrada que está sempre presente nos restaurantes japoneses e que é muito gostosa. Para quem não conhece, o sunomono é uma saladinha de de pepino com molho agridoce. A base é de pepino, e os ingredientes que compõe a salada variam de restaurante para restaurante. O pepino pode vir acompanhado de kani, de manga, de pimenta-dedo-de-moça, de cenoura, de macarrão japonês… A que eu faço geralmente é simples, só com o pepino mesmo, e fica uma delícia.

PARA OS PEPINOS

Ingredientes

– 3 pepinos japoneses grandes (pepino japonês são aqueles mais fininhos).

– 2 colheres de sopa rasas de sal.

Modo de preparo: fatiar o pepino o mais fino possível (eu utilizei aqueles raladores/cortadores). Colocar o sal, misturar bem e deixar descansar por 10 minutos. Após o tempo de descanso, lavar bem os pepinos e escorrer. Reservar.

PARA O MOLHO

Ingredientes

– 2 colheres de sopa de açúcar.

– 1 colher de chá de sal.

– 1 xícara de água.

– 1/2 xícara de vinagre de arroz.

Modo de preparo: em uma panelinha, esquentar a água com o açúcar até dissolvê-lo. Deixar esfriar e acrescentar os outros ingredientes. Misturar os pepinos, cobrir com papel filme e levar à geladeira por no mínimo 30 minutos. Escorrer e servir com gergelim polvilhado.

Dica

Se for reduzir a quantidade de pepino, atenção à quantidade de sal, pois se não for bem calculada, o sunomono pode ficar muito salgado.

Dadinhos de tapioca com queijo-de-coalho

Promessa é dívida! Então aqui vai a receita especial da semana prometida por mim na segunda-feira. Essa receita tirei direito da fonte, ou seja, do site do restaurante Mocotó, onde comi os famosos dadinhos pela primeira vez e me apaixonei 😍. Nunca havia feito em casa até então porque achava que era meio complicado. Hoje perdi o medo, fiz, e não é que ficaram uma delícia? E nem é tão difícil assim, na verdade é bem simples. Se eu fosse você não perderia tempo e me arriscaria também. Vale a pena! Aí vai:

Ingredientes

– 250g de tapioca granulada.

– 250g de queijo-de-coalho ralado.

– 500ml de leite quente.

– 8g ou uma colher de café rasa de sal (pode variar de acordo com o sal do queijo).

– 1 pitada de pimenta branca moída.

Modo de preparo: numa tigela grande, rale o queijo-de-coalho. Junte a tapioca e misture. Tempere com sal e pimenta. Leve o leite para ferver e misture à tigela com a tapioca, mexendo bem, com cuidado para não formar grumos, até que todo leite tenha sido incorporado. Não deixe endurecer muito. Transfira a mistura para a assadeira (20x25cm) forrada com papel filme em todas as faces e espalhe com uma colher. Para deixar a superfície lisa, cubra com filme e aplaine com as mãos. Deixe esfriar e leve à geladeira por pelo menos 3 horas. Transfira a massa para uma tábua, retirando o plástico. Com uma faca, corte em tiras de 2 cm, e as tiras, em cubos. Frite em óleo quente.Sirva com um molho de pimenta agridoce. Com a nossa geleia de pimenta também fica uma delícia!

Dica

Se você preferir, também pode assar os dadinhos. Disponha-os em uma assadeira forrada com papel manteiga, e leve em forno pré-aquecido a 180ºC por aproximadamente 40min ou até dourar.