Banoffee – Torta de banana com doce de leite

Há alguns dias estive na Nanica, uma mini confeitaria – como eles mesmos se intitulam – especializada em banoffee que abriu recentemente nos Jardins, aqui em São Paulo. Instigada pela torta d e l i c i o s a que comi lá, resolvi pesquisar a receita e me aventurar a fazê-la. Pesquisando descobri que o preparo é bem simples, leva poucos ingredientes e apenas a base de biscoito vai ao forno. Se você ainda não experimentou a sobremesa inglesa, vale a pena conhecer a Nanica! Ou quem sabe perder o medo e se jogar nessa receita também!

PARA A MASSA

INGREDIENTES
– 200g de bolacha maizena
– 100g de manteiga sem sal derretida
– 1 colher de sopa de farinha de trigo

MODO DE PREPARO: processe as bolachas até formar uma farofa fina. Adicione a manteiga derretida e a farinha e bata até misturar. Forre uma forma de fundo removível de 20cm, pressionado a farofa com as coisas de uma colher para compactar. Se achar melhor, pode ajudar pressionando as laterais com as pontas dos dedos. Levar ao forno pré-aquecido a 180 graus por 15 minutos. Deixe esfriar.

PARA O RECHEIO

INGREDIENTES

– 1 lata de doce de leite ( leite condensado cozido por 45 minutos na pressão. Para saber como fazer clique aqui.)
– 3 a 4 bananas nanica cortadas em meias luas.
– suco de meio limão

MODO DE PREPARO: corte cada banana em duas fatias no sentido do comprimento. Em seguida, corte cada metade em meias luas de aproximadamente 1cm. Regue as bananas cortadas com o suco de limão para que não escureçam. Espalhe o doce de leite sobre a base de biscoito já fria. Distribua as bananas em cima do doce com a parte reta voltada para baixo.

PARA A COBERTURA

INGREDIENTES

– 500ml de creme de leite fresco
– 2 colheres de açúcar

MODO DE PREPARO: na batedeira, bata o creme de leite com o açúcar até ficar em ponto de chantilly. Finalize a torta espalhando o chantilly sobre as bananas.  Finalize decorando com cacau em pó ou raspas de chocolate.

Anúncios

Bolo invertido de banana

Segunda-feira, primeiro dia do mês de junho e parece que o frio chegou pra ficar em São Paulo. Dezessete graus, tempo nublado, garoa fina. A semana começa tranquila, e no meio da tarde, vem uma vontade repentina de comer o bolo de banana invertido que a minha mãe costumava fazer na minha adolescência. Primeiro ela caramelizava a forma e então eu sentia aquele cheirinho de açúcar queimado vindo da cozinha. Depois, quando ela colocava o bolo para assar, era o cheiro do caramelo misturado com as bananas que perfumava a casa inteira. Mergulhada em minhas lembranças olfativas, percebo que não conseguirei passar essa tarde sem o bendito bolo da minha mãe. Vou pra cozinha e começo a produção. No fim da tarde, aqui estava eu, sentada no sofá, me deliciando com uma xícara de café e uma fatia generosa de bolo invertido de banana!

Para o caramelo

Ingredientes

– 1 xícara de açúcar.

– 1/2 xícara de água.

– 3 bananas nanicas grandes cortadas em fatias finas, no sentido do comprimeto.

Modo de preparo: levar o açúcar na própria forma, diretamente à boca do fogão e em fogo baixo, até derreter e começar a caramelizar. Adicionar a água e ir girando a forma para que os cristais de açúcar dissolvam por completo. Utilizar um pano de prato ou luva térmica para segurar a forma, pois ela estará muito quente! Quando a calda estiver pronta, colocar as bananas cortadas até preencher o fundo da forma.

Para o bolo

Ingredientes

– 3 ovos.

– 1 xícara de açúcar.

– 1/2 xícara de maisena.

– 1 1/2 xícara de farinha de trigo.

– 2 colheres de sopa de margarina.

– 1/2 xícara de leite  em temperatura ambiente.

– 1 colher de sopa de fermento em pó.

Modo de preparo: bater as claras dos 3 ovos em neve e reservar. Bater as 3 gemas, o açúcar e a margarina na batedeira até dobrar o volume. Ir acrescentando aos poucos a farinha de trigo misturada com a maisena e o leite. Acrescentar as claras em neve até incorporá-las à massa e por último, adicionar o fermento. Jogar a massa na forma, sobre as bananas com o caramelo e levar ao forno pré-aquecido, a 180º por aproximadamente 30 minutos. Desenformar ainda quente.

Dicas

Cuidado ao fazer a calda de caramelo para que ela não escureça demais e acabe ficando amarga.

Depois de bater a mistura de gema, açúcar e margarina na batedeira, misturei os outros ingredientes com um batedor de arame, na mão. Dizem que dessa forma, sem bater a farinha na batedeira, o bolo fica mais fofinho.

Para essa receita, foi usada uma forma de 24cm de diâmetro.