Batatas rústicas assadas com alecrim

Aperitivo ou acompanhamento? Eu amo essas batatas de qualquer jeito, seja no happy hour, tomando uma cervejinha gelada, ou acompanhando carnes, aves ou peixes, elas sempre são muito bem-vindas. Além de super saborosas e perfumadas, elas são mais saudáveis que as batatas fritas, pois são assadas no forno. Eu usei apenas alecrim para aromatizá-las, porque era a única erva que eu tinha em casa. Mas você também pode usar tomilho, sálvia, e pode colocar alguns dentes de alho (com casca) para assar junto com elas, que também fica uma delícia!

Ingredientes

– 3 batatas lavadas com casca ( pode ser qualquer batata, eu prefiro usar a asterix).

– 3 ramos de alecrim.

– 3 colheres de sopa de azeite.

– sal grosso a gosto.

Modo de preparo: Preaqueça o forno a 210 °C (temperatura média). Lave e seque bem as batatas e o alecrim. Numa tábua, corte as batatas em gomos (no sentido do comprimento, corte em metades até formar gomos na espessura que desejar. Transfira os gomos para uma panela, cubra com água e tempere com uma colher de chá de sal (eu uso sal grosso mas pode ser sal comum). Leve ao fogo alto e, quando água começar a ferver, deixe cozinhar por 5 minutos. Retire do fogo, passe as batatas para uma peneira e deixe por alguns minutos para escorrer bem a água. Transfira para uma assadeira, junte o alecrim, e regue com o azeite. Misture bem para envolver as batatas com o azeite. Espalhe os gomos por toda a assadeira, sem encostar ou sobrepor um no outro. Tempere com sal grosso. Leve ao forno preaquecido para assar por cerca de 40 minutos. Na metade do tempo, vire os pedaços com uma pinça. Também é bom mexer um pouco (chacoalhar) a assadeira de vez em quando para que as batatas não grudem. Retire do forno, disponha sobre papel toalha por alguns segundos, para ficarem bem sequinhas, e sirva em seguida!

Dica

A quantidade de batatas depende do tamanho da porção que você depende fazer.

Assista o vídeo da receita

Anúncios

Escondidinho de carne moída e batata

Semana começando lenta e preguiçosamente depois do feriado prolongado. E esse prato é perfeito para dias como o de hoje, combina muito bem com preguiça, porque é pá pum! Super rápido e fácil, ele leva poucos ingredientes, e você pode adaptar o recheio de acordo com o que tiver em casa. Pode, por exemplo, substituir o recheio de carne por frango, por camarão, por carne-seca, ou até mesmo substituir o purê de batata por purê de abóbora. Enfim, o escondidinho além de prático, é um prato super versátil, que nos dá muitas possibilidades de variações. Essa versão que escolhi fazer é uma das mais conhecidas e fica uma delícia! Como ele já é um prato completo, apenas uma saladinha para acompanhar é o suficiente.

PARA O PURÊ

Ingredientes

– 2 batatas grandes.

– 1 colher de sopa de manteiga.

– 1/2 xícara de chá de leite.

– noz-moscada ralada na hora a gosto

– sal a gosto

Modo de Preparo: descasque e corte as batatas em pedaços e leve ao fogo alto numa panela com água e um pouco de sal. Quando ferver, deixe cozinhar por 20 minutos ou até ficarem bem macias. Escorra a água e passe as batatas ainda quentes pelo espremedor, na mesma panela. Aqueça o leite e junte às batatas. Misture também a manteiga. Tempere com sal e com a noz-moscada. Leve a panela ao fogo baixo e mexa vigorosamente, até o purê começar a borbulhar.

PARA O RECHEIO DE CARNE

Ingredientes

– 350g de patinho moído, ou a carne que desejar.

– 1/2 cebola média cortada em cubos.

– 1 dente de alho picado.

– 2 colheres de sopa de molho de tomate (daqueles prontos mesmo).

– 1/2 lata de milho verde.

– sal e pimenta-do-reino a gosto.

OUTROS INGREDIENTES

– queijo parmesão ralado para polvilhar.

Modo de preparo: refogue a cebola em aproximadamente 1 colher de sopa de óleo até começar a ficar transparente. Junte o alho e refoque mais um pouco. Adicione a carne e frite até que a água seque. Adicione as 2 colheres de molho de tomate, misture bem, e misture o milho. Deixe cozinhar por 1 minutinho e desligue.

MONTAGEM

Em um recipiente médio (o tamanho irá depender da profundidade), disponha o recheio de carne moída. Aperte um pouco para ficar firme e compacto. Por cima, coloque o purê de batata e alise com uma colher. Polvilhe queijo parmesão ralado por cima e leve ao forno por aproximadamente 20 minutos a 180°C ou até derreter o queijo e gratinar.

Dica

– A receita original não levava milho verde no recheio, isso foi adaptação minha. Você também pode usar azeitona, pimentão, ervilha, ou o que sua imaginação mandar.

– Para dar mais cremosidade e liga ao recheio, adicionei 1 colher de sopa bem cheia de requeijão cremoso ao mesmo tempo que adicionei o milho.

– Para dar mais cremosidade ao purê, adicionei além da manteiga, 1 colher de sopa de requeijão cremoso.

Nhoque de batata

IMG_8728Você sabe de onde surgiu a tradição de se comer nhoque no dia 29? Diz a lenda, que São Pantaleão, num certo dia 29 de dezembro, vestido de andarilho, perambulava por um vilarejo da Itália. Faminto, bateu à porta de uma casa e pediu comida. A família tinha pouca comida, mas mesmo assim, não se importaram em dividir o seu nhoque com ele, cabendo a cada um, 7 massinhas. São Pantaleão comeu, agradeceu, e foi embora. Quando foram recolher os pratos, descobriram que embaixo de cada um havia bastante dinheiro. Por isso, tradicionalmente, todo dia 29 é dia do nhoque da fortuna ou nhoque da sorte, acompanhado do famoso ritual de colocar dinheiro sob o prato, comer os primeiros sete pedacinhos em pé, fazer um pedido para cada um deles e depois, comer à vontade. Bom, acreditando ou não na lenda, o dia 29 está chegando, e esse é apenas mais um motivo para degustar esse prato que eu adoro!

Tem quem ache que o nhoque é um prato difícil de preparar, porque tem que fazer a massa – e isso já assusta- , tem o ponto ideal para que ele não se desmanche ao colocar na água, etc. Mas garanto que se você usar os ingredientes certos e seguir a receita direitinho, não tem erro! Foi a minha primeira vez e olha como ficou lindo!

Ingredientes

– 1/2 kg batata asterix ( aquela de casca rosa ).
– 1/2 xícara de chá de farinha de trigo.
– 1 colher de chá de sal.
– 1 colher de sopa rasa margarina ou manteiga.
– 1 gema.

Modo de preparo: Descascar as batatas e cortar em cubos. Leve para cozinhar em uma panela com bastante água (suficiente para cobrí-las), até que elas estejam bem macias. Espetar com um garfo para verificar, se o garfo entrar facilmente é porque já está no ponto. Escorrer bem as batatas e passá-las no espremedor. Juntar todos os ingredientes deixando a farinha por último. Se for preciso, acrescente um pouco mais de farinha, até que consiga fazer uma bolinha sem que a massa grude nas mãos. Enfarinhe a superfície de trabalho, retire um pedaço de massa, faça um rolinho, e já cortando na diagonal. Cada pedaço deve ter em média 2,5cm. Faça isso até acabar a massa. Disponha os pedaços em uma assadeira enfarinhada para não grudar.  Após cortar, levar uma panela grande com água e 1 colher de sopa rasa de sal ao fogo alto. Quando ferver, colocar por volta de 10 nhoques para cozinhar. Conforme forem subindo à superficie, retire com uma escumadeira e coloque em uma tigela com 1/2 xícara de chá de água e 2 colheres de sopa de azeite, para não grudarem. Pode-se também jogá-los diretamente no molho.

Colocar em água fervente e retirar com uma escumadeira quando subirem à superfície.

Colocar em água fervente. Retirar com uma escumadeira quando subirem à superfície.

Fazer rolinhos e cortar em pedaços de 2,5cm com uma faca.

Pegar um pedaço da massa, fazer rolinhos e cortá-los na diagonal, em pedaços de 2,5cm com uma faca.

Repetir o processo até acabar a massa. Depois é só servir com o molho da sua preferência!

Dica

A batata asterix utilizada na receita é perfeita para o preparo de nhoque por possuir menos água e deixar a massa na textura certa. Você também pode usar outro tipo de batata, porém, a chance da massa ficar mais úmida e desmanchar na hora de cozinhar, será maior.