Broa de fubá

Eu amo broa de fubá! Acho que é um dos acompanhamentos mais perfeitos para tomar com um cafezinho no meio da tarde. Sempre compro na padaria que tem aqui na rua da minha casa uma muito gostosa. Porém, esses dias estava navegando pelo instagram, e um dos perfis que sigo e gosto muito, o perfil do Goriahuk postou essa receita. Fiquei super curiosa para testar e hoje, enquanto a Clarice tirava a soneca da manhã, consegui preparar. Adorei, fica uma delícia!
Aliás, não fui só eu quem gostou não. Quando estava fotografando as broas para postar aqui pra vocês, apareceu uma mãozinha no meu visor, e… O resto vocês verão em imagens!

INGREDIENTES

– 1 xícara de chá de fubá
– 1 xícara de chá de farinha de trigo
– 3/4 de xícara de chá de açúcar refinado
– 1/2 colher de sopa de fermento químico
– 1 pitada de sal
– 50g de manteiga gelada em pedaços
– 1 ovo
– 1 colher de chá de erva-doce (opcional, eu não gosto muito então não coloquei)
– 50ml de leite

MODO DE PREPARO: em uma tigela, coloque o fubá, a farinha, o açúcar, o fermento, o sal, a manteiga e metade do ovo. Para colocar apenas metade de um ovo, coloque em um recipiente, e bata com um garfo e use apenas a metade da mistura para a massa. A outra metade reserve, pois usaremos para pincelar as broinhas. Misture bem os ingredientes com as mãos, usando as pontas dos dedos, até formar uma farofinha. Em seguida, adicione o leite e a erva-doce. Misture tudo amassando até formar uma massa homogênea. Forme bolinhas e distribua em uma forma untada com manteiga e fubá. Rendem de 9 a 12 broas médias. Pincele o restante do ovo sobre elas e leve ao forno pré-aquecido a 180 graus por aproximadamente 30 minutos ou até que fiquem douradas.

Anúncios

Ragu de acém com polenta mole

Vamos começar a semana com comida de verdade? Essa polenta mole com ragu de acém é a combinação perfeita para essa segunda-feira fria paulistana. Conforta e sacia de uma forma deliciosa!

INGREDIENTES PARA O RAGU

– 500g de acém em cubos
– 1 cebola média
– 2 dentes de alho
– 3 tomates maduros
– ½ xícara de chá de salsinha picada
– ½ xícara de chá de cebolinha picada
– 2 colheres de sopa de óleo
– 1 colheres de sopa de extrato de tomate
– 1 colher de chá rasa de sal
– 1 litro de água

MODO DE PREPARO: pique a cebola e o alho em cubinhos. Pique fino a salsinha e a cebolinha. Reserve. Faça um corte em X na base de cada tomate. Coloque os tomates numa panela com água fervendo por alguns segundos. Prepare outra tigela com água e gelo. Retire os tomates da panela e mergulhe-os na tigela. Pelo X, puxe a pele como se fossem quatro folhas. O choque térmico faz com que a pele se desprenda facilmente. Corte os tomates em quatro, retire as sementes e corte-os em cubos grandes. Aqueça uma panela de pressão no fogo alto por 2 minutos. Acrescente o óleo de canola, o alho, o acém e tempere com sal. Refogue por cerca de 7 minutos até dourar a carne. Junte a cebola e o extrato de tomate e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Acrescente o tomate picado e 1 litro de água. Tampe a panela de pressão, abaixe o fogo para médio e deixe cozinhar por 40 minutos. Desligue o fogo e, quando acabar a pressão da panela, destampe. Coloque a carne num prato e com um garfo, desfie a carne volte à panela. Junte a salsinha e a cebolinha. Leve ao fogo médio e assim que ferver, desligue.

INGREDIENTES PARA A POLENTA

– 1 xícara de chá de fubá
– 5 xícaras de chá de água
– 1 colher de sobremesa de sal
– 2 colheres de chá de queijo parmesão ralado

MODO DE PREPARO: em um refratário, misture 1 xícara de água fria com o fubá e mexa com um batedor de arame até ficar homogêneo. Numa panela grande, aqueça o restante da água (4 xícaras) em fogo médio. Quando ferver, acrescente o sal e abaixe o fogo. Acrescente a mistura de fubá de uma vez, mexendo com o batedor de arame vigorosamente. Deixe cozinhar por cerca de 20 minutos, mexendo agora, com uma  colher de pau. A polenta estará pronta quando se desprender das paredes e do fundo da panela. Acrescente o queijo parmesão e misture bem até que ele derreta. Coloque um pouco de polenta num prato fundo, e cubra com o ragu. Polvilhe com a salsinha e sirva em seguida.

 

Polenta de colher com ragu de linguiça

Como boa paulistana, adoro pratos de origem italiana, e como boa filha de nordestino, amo comidas típicas do nordeste. Talvez por isso eu goste tanto de polenta. Porque apesar de ser um alimento típico da culinária italiana, a polenta é muito semelhante ao angu, prato típico brasileiro e muito consumido na região nordeste. A polenta é super versátil, pode ser preparada mole, dura, frita, grelhada, assada, recheada, pura, com molho… Gosto muito de todas as versões. A que escolhi para fazer é muito servida nos bares aqui de Sampa: a polenta de colher. Molinha, ela vem sempre acompanhada, pode ser um molho de tomate, um ragu de carne, um refogado de bacalhau… Eu fiz com ragu de linguiça toscana.

Para a polenta

Ingredientes:

– 1 1/2  xícara de chá de fubá.

–  7 xícaras de chá de água.

– sal a gosto.

Modo de preparo: Em uma panela grande, levar 6 xícaras de água para ferver.Enquanto isso, misturar 1 1/2 xícaras de fubá e o sal com 1 xícara de água fria. Mexer bem com um batedor de arame até dissolver o fubá. Depois que já tiver bem dissolvido, adicionar a mistura aos poucos e em fio constante, às 6 xícaras de água fervente, mexendo vigorosamente com o batedor de arame. Deixar cozinhar por aproximadamente 15 minutos, mexendo com uma colher de pau. A polenta estará pronta quando começar a desprender da panela.

Para o ragu de linguiça

Ingredientes:

– 5 linguiças toscanas.

– 1/2 xícara de azeitonas pretas sem caroço.

– 3 tomates pelados (em lata) picados, com 5 colheres de sopa do molho.

– 1/2 cebola cortada em cubos.

– 1 dente grande de alho picado.

– 2 colheres de sopa de azeite.

– sal e pimenta do reino a gosto.

azeite.

Modo de preparo: Tirar a capa (aquela pele que envolve) das linguiças deixando apenas o recheio, e bater no processador até ficarem com aspecto de carne moída. Aquecer 2 colheres de azeite e refogar a cebola e o alho. Acrescentar a linguiça processada e deixar fritar. Vai soltar uma boa quantidade de água, fritar até começar a secar e dourar a linguiça. Nesse ponto, acrescentar os tomates picados e o molho. Temperar com sal e pimenta e deixar cozinhar por aproximadamente 15 minutos. Depois é só colocar por cima da polenta e se deliciar!

Dicas

Muita gente coloca o fubá diretamente na água fervente. Eu gosto de misturar com um pouco de água fria antes, porque assim fica mais difícil de empelotar.

Eu usei a linguiça toscana porque é o tipo que mais me agrada, mas o ragu de linguiça calabresa também fica muito bom!

Se quiser carregar mais no sabor, pode trocar a pimenta do reino do ragu por algum tipo de pimenta mais forte.