Mousse de leite ninho com morangos

Já faz um tempo que está na moda sobremesas que levam leite ninho na receita. Venho testado várias e, dentre todas, essa foi uma das que mais gostei. Diferentemente de algumas que achei excessivamente doces, essa é leve, equilibrada. Porém, para dar  equilíbrio e leveza, adicionei à receita os morangos, que originalmente não existiam. O resultado é uma sobremesa deliciosa!

INGREDIENTES

– 1 lata de leite condensado.
– 2 caixinhas de creme de leite.
– 1 xícara de leite ninho.
– 6g de gelatina incolor sem sabor hidratada.
– quanto bastar de morangos picados.
– raspas de chocolate branco para finalização.
– morangos inteiros para decoração.

MODO DE PREPARO: no liquidificador adicione o leite condensado, o leite ninho e o creme de leite. Bata alguns minutos até ficar um creme homogêneo. Em seguida misture a gelatina hidratada e bata mais por aproximadamente 5 minutos.
Disponha os morangos picados no fundo do recipiente em que deseja montar o mousse. Eu utilizei taças individuais, mas pode-se utilizar um recipiente maior. Em seguida despeje o mousse. Leve à geladeira por aproximadamente 1h, ou até que o creme fique bem firme. Retire da geladeira, e decore com as raspas de chocolate branco e os morangos inteiros cortados ao meio. Saboreie em seguida!

Palha italiana

Essa semana estava passando pelo facebook e surgiu na minha timeline a receita de palha italiana. E quem disse que consegui esquece-la ao longo do dia? Pois é, grávida tem dessas coisas! 😁 A solução foi correr para a cozinha e preparar para matar a vontade! A minha sorte foi que a receita é super simples e leva poucos ingredientes, nem precisei sair para comprar nada. Então, apesar da espera do tempo de geladeira, foi bem fácil executar! E era tudo aquilo mesmo que eu esperava: uma delícia!

INGREDIENTES

– 1 lata de leite condensado
– 1 colher de sopa de chocolate em pó
– 1 colher de sopa de manteiga sem sal
– 1/2 pacote de bolacha maisena picadas
– açúcar de confeiteiro para polvilhar

MODO DE PREPARO: em uma panela adicione o leite condensado, o chocolate e a manteiga, e misture, como se fosse uma receita de brigadeiro. Leve ao fogo mexendo até que fique bem cremoso e que seja possível ver o fundo da panela. Desligue o fogo e misture as bolachas maisena picadas aos poucos dentro do brigadeiro, misturando bem. Em seguida, em uma forma untada ou forrada com papel manteiga, adicione a mistura e alise uniformemente. Espere esfriar e leve à geladeira por pelo menos 2 horas, ou até que fique bem firme. Retire a forma da geladeira e corte a mistura em quadrados. Passe no açúcar de confeiteiro para tirar o aspecto grudento e deixar a palha mais firme. Saboreie!

Brigadeiro de microondas com gergelim

img_5457Que tal dar um toque oriental ao bom e velho brigadeiro pra variar um pouco? É só substituir o granulado por gergelim. Fica uma delícia e a mistura de texturas fica incrível!
Acho que nunca passei a receita do meu brigadeiro aqui, né? Eu costumo fazer no microondas, que é bem mais prático e fica pronto rapidinho. Aí vai:

INGREDIENTES

– 1 lata de leite condensado.
– 4 colheres de chocolate em pó ou achocolatado.
– 1 colher de sopa de manteiga sem sal.
– 1 xícara de chá de gergelim (aproximadamente).

MODO DE PREPARO: em um refratário de vidro alto, misturar todos os ingredientes e levar ao microondas por 7 minutos na potência alta, mexendo de 2 em 2 minutos. Desligar e deixa esfriar. Enrolar e passar no gergelim.

img_5455

DICA

O refratário deve ser alto, pois quando levado ao microondas, a mistura do brigadeiro ferve e sobe.

 

Canjica

Para continuar na sequência das receitas de festas juninas e comemorar a chegada do inverno, que começa hoje, que tal uma canjica quentinha? Essa receita é realmente excepcional, tenho certeza que você nunca comeu uma canjica tão cremosa como essa!

INGREDIENTES

– 1 xícara de chá de canjica
– 1 litro de água
– 1 garrafa de leite de coco (200 ml)
– 2 canelas em rama
– 1 xícara de leite
– 1 lata de leite condensado
– canela em pó para polvilhar

MODO DE PREPARO: numa tigela grande coloque a canjica e regue com a água. Cubra com um prato e leve para a geladeira. Deixe de molho por 12 horas. Passado o tempo do demolho, transfira a canjica com a água para a panela de pressão. Junte o leite de coco e a canela em rama e misture. Tampe a panela e leve ao fogo médio para cozinhar. Quando começar a apitar, diminua o fogo e deixe cozinhar por 25 minutos. Após os 25 minutos de cozimento, desligue o fogo e espere toda a pressão sair antes de abrir. Abra a panela, misture 1 xícara de leite e 1 lata de leite condensado e mexa bem. Leve a panela sem a tampa de volta ao fogo baixo e deixe cozinhar por mais 10 minutos, mexendo de vez em quando. Transfira a canjica para um recipiente, polvilhe canela em pó, e pronto!

DICA

Se quiser uma canjica menos cremosa, é só adicionar mais leite.

Se quiser, também pode adicionar cravo junto com a canela em rama. Confesso que prefiro sem, pois não sou muito fã de cravo.

Arroz doce tradicional

Essa semana me deu uma vontade louca de comer arroz doce. Estava com a minha mãe no whatsapp, quando entre outras coisas ela comentou que estava fazendo. Naquele momento, percebi que não poderia passar nem mais 1 hora sem comer o dito cujo. Fui correndo procurar uma receita que fosse rápida e utilizasse os ingredientes que tinha em casa. Achei essa, super simples e gostosa! Desculpe pela foto, mas já era noite, a iluminação não era das melhores, e a vontade de comer o que tinha dentro da taça era maior que a de produzir o registro. 😋 Mas o sabor ficou delicioso, pode acreditar!

Ingredientes

– 1 xícara de chá de arroz branco
– 1/3 de xícara de chá de açúcar
– 1 pitada de sal
– 2 xícaras de chá de leite
– 2 1/4 xícaras de chá de água
– 1/2 lata de leite condensado
– 1 canela em rama
– canela em pó a gosto

Modo de Preparo: lave o arroz e deixe escorrer numa peneira ou escorredor. Numa panela média, junte o leite, a água, o arroz, o açúcar, o sal, e a canela. Leve ao fogo alto e misture muito bem. Quando começar a ferver, abaixe o fogo para médio e deixe cozinhar por 20 minutos, mexendo de vez em quando. Após os 20 minutos, acrescente o leite condensado, mexendo sempre, e deixe cozinhar por 5 minutos. Retire do fogo e transfira para um recipiente para esfriar. Quando amornar, leve à geladeira. Polvilhe com canela em pó na hora de servir.

Dica

Se gostar, você também pode acrescentar 2 cravos-da-índia juntamente com os outros ingredientes antes de levar ao fogo.

 

 

 

 

 

Bolo de rapadura

Há alguns dias estive em uma feira ótima de artesanato e produtos orgânicos que aconteceu no Parque da Água Branca aqui em São Paulo. Lá havia barracas de vários estados do país, e cada uma oferecia produtos típicos da sua região. Além de ter a oportunidade de ver de perto ingredientes que até então eu só conhecia de nome, os preços estavam bem atraentes, então aproveitei para comprar algumas coisinhas! Passei pela barraca de Minas Gerais, e comprei um café orgânico delicioso além de uma polpa de tomate artesanal super gostosa! Na barraca do Rio Grande do Sul, aproveitei para comprar suco de uva integral, que eu adoro, e que estava pela metade do preço que costumo pagar no supermercado aqui do bairro. Mas foi na barraca do Ceará que me empolguei! Não sei se o fato de ser filha de cearense e ter uma ligação afetiva com a culinária de lá – além de gostar muito também, é claro – influenciou, mas foi nessa barraca que comprei o maior número de produtos. Entre outras coisas, trouxe pra casa farinha de tapioca, farinha de mandioca, doce de cajú, e até uma rapadura! Eu adoro rapadura, tem gostinho da casa dos meus queridos e saudosos avós paternos Letícia e Naelson. Mas confesso que exagerei… Comprei um, digamos assim, tijolo de rapadura! Nem se eu comesse rapadura diariamente durante 2 meses, daria conta de acabar com ela. Foi por isso que hoje decidi sair à procura de algum doce que utilizasse rapadura na receita, para que eu pudesse usar pelo menos uma parte do tijolo. E não foi que encontrei? A receita que mais me chamou a atenção foi esse bolo de rapadura, pois mesmo tendo ascendência cearense e já ter ido ao nordeste por diversas vezes, nunca tinha visto nem ouvido falar em bolo de rapadura. Resolvi então testar a receita e adivinha! D E L I C I O S A ! Apesar de parecer que o bolo vai ficar muito doce e enjoativo por conter leite condensado e rapadura juntos (isso passou pela minha cabeça), pode acreditar que não fica! Ele fica leve, bem fofo e molhadinho, com uma casquinha crocante por fora. Confere!

PARA O BOLO

Ingredientes

– 2 xícaras de chá de rapadura em pedaços + 1 xícara de chá de água
– 4 ovos
– 200 g de manteiga
– 1 lata de leite condensado
– 2 xícaras de chá de farinha de trigo
– 1 colher de sopa de fermento químico em pó
– 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Modo de preparo: leve os pedaços de rapadura ao fogo com uma xícara (chá) de água e deixe ferver em fogo baixo por cerca de 15 minutos. Retire do fogo, coe e reserve o caldo. Bata as claras em neve e reserve. Bata a manteiga com o leite condensado, as gemas e uma xícara (chá) do caldo de rapadura. Acrescente a farinha de trigo, o fermento em pó e o bicarbonato. Por último, adicione as claras batidas em neve. Coloque em uma fôrma com furo central (28cm de diâmetro), untada e polvilhada com farinha de trigo. Leve para assar em forno médio (180°C), pré-aquecido, por cerca de 40 minutos. Retire do forno, espere amornar e desenforme.

PARA A COBERTURA

Ingredientes

– 1 lata de leite condensado
– 100 g de castanha-de-caju ou amendoim (opcional)

Modo de preparo: misture o leite condensado com o restante do caldo da rapadura e leve ao fogo baixo por cerca de 8 minutos, mexendo sempre. Retire e cubra o bolo. Decore com as castanhas-de-caju ou amendoim.

Dica

Como somos apenas em 2 aqui em casa, fiz metade da recita, portanto, se fizer a receita completa, o bolo ficará bem maior do que o da foto.

Não tinha castanha-de-caju nem amendoim em casa, então cobri apenas com a cobertura, mas ficou ótimo!

 

Pudim de leite condensado de caneca no microondas

Você já teve aquela vontade repentina de comer um pudim bem cremoso de leite condensado mas a preguiça de prepará-lo e de lavar tuuudo depois foi tão grande, que te fez desistir e esperar a vontade passar? Quem nunca?! Pois a partir de hoje esse problema está resolvido! Depois do bolo de caneca – que postei aqui outro dia – o pudim de caneca é uma das minhas receitas prediletas para essas horas. Ele é feito no microondas, fica pronto em menos de 5 minutos e ainda por cima fica IGUALZINHO a um pudim feito no forno. Além disso, se você mora sozinho, é ideal para fazer em porções individuais. Se usar uma canecona grande, rende 1 pudim, se fizer em canecas do tamanho de xícara de chá (que é geralmente o que faço), rende 2 porções. Aliás, eu nunca tentei fazer em canecas grandes, não sei como ficaria depois de desenformado. Acho que o melhor mesmo é dividir em 2 xícaras de chá.

PARA A CALDA

Ingredientes

– 1 colher de sopa de açúcar.

– 1 colher de sopa de água.

Modo de preparo: coloque em uma caneca, 1 colher de açúcar com colher de água e misture. Leve ao microondas em potência máxima por 30 segundos. Veja se a calda ficou dourada (caramelizada), caso não esteja, coloque mais 30 segundos. Repita esse procedimento de ir colocando de 30 em 30 segundos até que a calda fique no ponto. Mas cuidado, não deixe mais de 30 segundos direto, pois a calda pode queimar e ficar amarga. No meu caso, a calda levou 2 minutos para caramelizar, mas como o tempo depende da potência do microondas, isso pode variar. Depois que estiver no ponto, distribua a calda em toda a caneca (vá girando a caneca para que a calda suba nas laterais). Reserve.

PARA O PUDIM

Ingredientes

– 1 ovo.

– 8 colheres de leite condensado.

– 8 colheres de leite.

Modo de preparo: em uma tigelinha, coloque 1 ovo e bata com um garfo. Adicione as 8 colheres de leite condensado e as 8 colheres de leite e bata mais um pouco até ficar um creme homogêneo.

MONTAGEM

Na caneca caramelizada, coloque a mistura do pudim, de forma que não preencha mais que metade da caneca, para não ter perigo de transbordar. Leve ao microondas em potência máxima por 1 minuto. Se o creme continuar muito líquido, coloque mais 30 segundos. Vá colocando de 30 em 30 segundos até ficar um creme consistente. Geralmente não passa muito de 2 minutos, porém, como depende da potência de cada microondas, o ideal é ir olhando no final de cada rodada. O ponto final, é o de um pudim mole, pois ele continua o cozimento mesmo após desligado. Leve à geladeira para esfriar e só desenforme depois.

Dica

O pudim sobe bastante mesmo quando está no micro, mas não se preocupe, se você colocou o creme até no máximo até a metade da caneca, ele não irá transbordar.