Chips de abobrinha no forno

Que tal um petisco saudável, rápido e super saboroso para o happy hour dessa quinta-feira? Esses chips de abobrinha são uma delícia e – se você não estiver de dieta – ficam perfeitos acompanhados por uma cervejinha bem gelada. Mas se você quiser manter a forma ou deixar o álcool só para o fim de semana, ele também vai muito bem com um suco de frutas. Presta atenção que é vapt-vupt!

INGREDIENTES

– 1 abobrinha grande
– azeite
– sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo: corte as pontas da abobrinha e exclua. Corte em fatias bem finas utilizando um mandolim ou ralador. Disponha as abobrinhas em uma base preparada com papel toalha, lado a lado. Salpique sal e deixe descansar por 30 minutos para soltar bem a água. Coloque papel toalha por cima, para retirar toda a água que ela soltou. Em uma forma forrada com papel manteiga culinário, disponha as fatias de abobrinha, pincele azeite (bem pouco para não encharcar) e tempere com pimenta-do-reino moída na hora. Leve ao forno pré aquecido a 180° por aproximadamente 30 minutos, ou até dourar levemente. Retire do forno e espere esfriar. Sirva a seguir!

Legumes crus com queijo de iogurte

Olá seguidorxs do QTMDC! Mais uma vez peço desculpas por ter ficado tanto tempo sem postar por aqui. Passei por momentos difíceis recentemente, com a partida do Billy, meu companheiro de quatro patas. Billy era um cocker dourado lindo e glutão, que eu chamava de meu co-piloto na cozinha. Era só eu começar a preparar algo que lá estava ele, deitado no tapete da cozinha a me observar, e a esperar algum petisco. Billy tinha um coração enorme, maior ainda que as orelhas! Porém, a idade fez com que esse grande coraçãozinho fosse ficando fraco, até parar. Foi uma convivência linda e deliciosa de 15 anos, e tenho certeza que vocês podem imaginar o quanto ele está fazendo falta. E a falta, faz com que a gente perca um pouco a vontade de fazer as coisas, mesmo aquelas que a gente mais gosta. E foi por isso que me ausentei um pouco do blog. Mas dizem que o tempo cura tudo, e dessa forma, aos poucos, estou tentando voltar à minha rotina… Ou melhor, aos poucos estou tentando criar uma nova rotina sem ele, o que tem sido bem doloroso, mas sei que de uma forma ou de outra ele estará sempre comigo!
A receita de hoje é como o Billy, linda e alegre! Sempre gostei de fazer palitos de cenoura e pepinos com molhinhos como petiscos para recepções e festas, e quando vi essa opção de queijo de iogurte como acompanhamento para os legumes em um dos episódios do Cozinha Prática da Rita Lobo, adorei. É muito fácil, você só precisa fazer com antecedência, pois o soro tem que ficar drenando por no mínimo 8 horas.

PARA O QUEIJO DE IOGURTE

INGREDIENTES

– 4 potes de iogurte natural (170 g cada)
– 1 colher de chá de sal
– folhas de hortelã picadas a gosto
– orégano a gosto
– azeite a gosto
–  sal a gosto

MODO DE PREPARO: forre uma peneira com um pano de algodão fino e limpo e apoie sobre uma tigela funda – se a tigela for rasa, o soro drenado fica em contato com o iogurte. Pode ser papel toalha ou filtro de café descartável também, eu testei e deu certo! Numa tigela, misture o iogurte com o sal e transfira para a peneira forrada. Leve para a geladeira e deixe drenar por 8 a 12 horas – o iogurte vai liberar o soro aos poucos e ficar com a consistência de uma coalhada firme. Se necessário, durante a drenagem, descarte o líquido para evitar o contato do soro com o iogurte. Assim que estiver firme, retire da geladeira.
Para temperar com hortelã: numa tigela pequena, misture metade do queijo com a hortelã picada e 1 colher de sopa de azeite. Prove e acerte o sal. Regue com um fio de azeite e decore com folhas de hortelã.
Para temperar com orégano: numa tigela, coloque cerca de 3 colheres de sopa de azeite. Com o auxílio de 2 colheres de sobremesa, raspe e modele o queijo, formando bolinhas. Transfira para a tigela com azeite, tempere com orégano a gosto e regue com mais um fio de azeite.
Eu fiz em 3 versões,  com hortelã, com orégano e puro, apenas com azeite.
Conserve na geladeira, coberto com filme, por até 5 dias.

PARA OS LEGUMES

INGREDIENTES

– 1 cenoura média
– 1 pepino japonês
– 1 pimentão amarelo
– 4 rabanetes pequenos

MODO DE PREPARO: lave e seque a cenoura, o pepino, o pimentão amarelo e os rabanetes. Descasque, descarte as pontas e corte a cenoura ao meio, no sentido da largura. Corte cada metade em fatias e as fatias em tiras. Descarte as pontas e corte o pepino ao meio, no sentido do comprimento. Com uma colher de chá, raspe e descarte as sementes do pepino. Corte cada metade ao meio, no sentido da largura e fatie em tiras grossas. Corte o pimentão ao meio, no sentido do comprimento. Corte e descarte as pontas, sementes e a parte branca do pimentão. Fatie cada metade em tiras de cerca de 1 cm de espessura. Mantenha a casca e parte da rama dos rabanetes. Corte cada um em quartos. Numa travessa grande, disponha os legumes fatiados e sirva a seguir com o queijo de iogurte temperado.

 

 

Chips de maçã no forno

Segunda-feira pra mim é dia de pensar no prejuízo do fim de semana. Fico pensando em quanto comi, em quanto bebi, e hoje confesso que me deu um pesinho, mesmo que de leve, na consciência. Aliás, ter um blog de gastronomia tem me trazido algumas surpresas… Uma delas diz respeito a alguns quilinhos a mais, e não estou falando só da consciência. hehehe… Foi matutando sobre essas coisas, que resolvi fazer um petisco super saudável e pouco calórico para o lanche da tarde: chips de maçã!
Nunca havia feito chips de maçã, geralmente compro aqueles de saquinho, mas hoje descobri que o caseiro não tem comparação com o que a gente compra pronto. Ele fica muito, mas muito mais saboroso, muito mais crocante, a gente pode temperar conforme a nossa preferência, e ainda por cima, enquanto está sendo feito, deixa um perfume delicioso pela casa. Veja como é fácil prepará-los.

Ingredientes

– Maçãs (a quantidade e o tipo que desejar).

– canela.

Modo de preparo: pré-aqueça o forno na menor temperatura possível, no meu caso, 160ºC. Enquanto o forno aquece, fatie as maçãs em fatias bem fininhas (eu utilizei aqueles cortadores/raladores). Nem precisei remover as sementes, cortei apenas as extremidades das maçãs, e conforme fui fatiando, as sementes foram saindo sozinhas. Forre uma forma com papel manteiga e disponha as fatias, sem sobrepor umas às outras. Polvilhe canela em pó e leve ao forno por 1h30min. Vire as fatias e volte ao forno por mais 30 minutos. Após esse tempo, desligue o forno mas deixe as maçãs descansando ainda por mais uns 15 minutos lá dentro. Depois é só saborear! 

Dicas

Como a temperatura varia de fogão para fogão, antes de apagar o forno, veja se as fatias já estão sequinhas. Se não estiverem, deixe mais um pouco.

Os meus chips temperei apenas com canela e achei que ficaram ótimos apenas com o adocicado natural da maçã, mas se quiser algo mais doce, tem algumas opções:

– Se não estiver com peso na consciência e puder comer algo mais gordinho, polvilhe açúcar junto com a canela. Fiz o teste em algumas fatias e ficam uma delícia!

– Se quiser algo mais doce mas não quiser aumentar as calorias dos chips, polvilhe adoçante culinário juntamente com a canela.

– Não fiz o teste, mas em algumas receitas que encontrei utilizaram  mel também para dar sabor. Deve ficar bom! Testarei da próxima vez!

Os chips duram bem até 3 dias se armazenados em recipientes com tampa ou em potes hermeticamente fechados.

Lasanha de berinjela

 

Essa semana estou bem prática! Aliás, eu acho que todas as receitas que postei aqui no QTMDC até hoje, têm em comum a praticidade. Alguns pratos exigem um pouco mais de tempo, outros menos, mas todos são relativamente fáceis no preparo. A receita de hoje, além de prática é super saudável e é vegetariana, uma lasanha de berinjela! Ou seria uma lasanha de beringela? Bom, pelo que sei, as duas formas estão corretas, mas como eu teria que escolher uma delas para fazer essa postagem, me decidi por utilizar  a que dizem ser a mais corrente no Brasil, que é berinjela com “j”. Mas voltando à receita, para deixá-la ainda mais prática, utilizei molho de tomate pronto, um molho orgânico que comprei no Instituto Chão, na Vila Madalena. O molho é muito gostoso, pode usar sem medo, e o melhor é que é só colocar em uma panela para esquentar. No caso da lasanha, não é necessário nem isso, já que ela vai ao forno. É claro que um molho caseiro é inigualável, mas não é sempre que temos tempo para fazer, né? Nessa hora os molhos prontos são uma ótima opção!

Ingredientes

– 2 berinjelas grandes.

– 3 xícaras de molho de tomate pronto.

– 350g de mussarela light fatiada.

– 3/4 de xícara de parmesão ralado.

Modo de preparo: lave bem e seque as berinjelas. Em uma tábua, corte as pontas das berinjelas e descarte. Corte em fatias finas no sentido do comprimento. Se tiver aqueles raladores/fatiadores, fica bem mais fácil! É sempre bom descartar a primeira e a última fatias, pois são praticamente só a casca. Aqueça uma frigideira em fogo alto, regue com um fio de azeite, e grelhe as berinjelas por 1 a 2 minutos de cada lado, até que amoleçam um pouco. Repita o processo até o fim das berinjelas. Como o molho já está pronto, é só começar a montagem: em uma forma pequena (a que usei tem 25x30cm), coloque um pouco do molho no fundo e por cima disponha uma camada de berinjela, seguida por uma camada de molho e uma camada de mussarela. Após a camada de mussarela, comece novamente com a camada de  berinjela, seguida por uma camada de molho e outra de mussarela, e assim por diante. Finalize com uma camada de  molho, seguida por uma camada de mussarela e polvilhe com o parmesão ralado. Leve ao forno pré-aquecido a 200° por aproximadamente 40 minutos ou até que a lasanha esteja gratinada.

Sopa de ricota com brócolis

Depois de um domingo lindo e ensolarado, a semana começa com uma segunda-feira nublada, chuvosa e fria em Sampa. Então que tal preparar algo quentinho, saudável e leve, para esquentar o corpo e aproveitar para desintoxicar das gordices do fim de semana?! Essa sopa eu descobri na época em que estava de dieta😁… Apesar de parecer insossa já que a base é de ricota, como ela é bem temperada, fica super gostosa! O brócolis também da um sabor a mais. Se quiser perder uns quilinhos, é uma boa opção pois tem pouquíssimas calorias!

Ingredientes

– 1 fatia grossa de ricota.

– 6 buquês de brócolis cozidos na água com sal.

– 1 cebola média.

– 2 dentes de alho.

– 1 xícara de leite desnatado.

– 1 colher de sobremesa de amido de milho.

– 5 xícaras de água.

– 1 envelope de caldo de galinha 0% gordura.

– 3 colheres de sopa de salsinha.

– Sal a gosto.

Modo de preparo: Em uma panela, refogue a cebola picada e o alho amassado em um fio de azeite. Acrescente a água e o caldo de galinha. Deixe ferver. Acerte o sal e acrescente o leite com o amido de milho dissolvido e ferva até engrossar. Desligue o fogo. Reserve. Corte a ricota em cubos e disponha no fundo dos pratos. Despeje o creme por cima e salpique a saldinha. Sirva bem quente com os buquês de brócolis cozidos.