Rabanadas tradicionais

Chegamos ao último dia do ano de 2015! E além dos votos de um 2016 cheio de alegrias, inspirações, e sabores deliciosos, para fechar o ano com um dos pratos mais tradicionais dessa época, hoje deixo aqui uma receita de rabanada. Sabe, vou falar uma coisa para vocês, confesso que já tentei fazer rabanada de diversas formas: assada para ficar mais saudável, já usei açúcar cristal no lugar do refinado porque ouvi dizer que ficavam mais gostosas, e já tentei até usar brioche, para dar uma variada no sabor. Mas não existe nada como uma boa rabanada tradicional, macia e suculenta. A assada ficou super seca, a que usei açúcar cristal ficou com uma crosta muito crocante e densa demais, e a feita com brioche até que fica gostosa, mas não tem o gostinho da rabanada que meu avô costumava fazer pra gente no revéillon. Bom, depois de várias experiências, constatei que a melhor rabanada é aquela feita da forma mais simples mesmo, com pão francês amanhecido, açúcar refinado, e canela. Então aí vai a receita tradicional!

Ingredientes

– 3 pães franceses amanhecidos.
– 2 xícaras de chá de leite.
– 1/2 lata de leite condensado.
– 1 canela em pau.
– 1 colher de café de essência de baunilha.
– 1 colher de café de noz-moscada relada na hora.
– 3 ovos.
– o quanto baste de óleo para fritar.
– 1/2 xícara de chá de açúcar.
– 2 colheres de chá de canela em pó.

 

Modo de Preparo: em uma panela, misture o leite com o leite condensado, a canela em pó, a baunilha e a noz-moscada. Leve ao fogo, mexendo até ferver. Assim que ferver, desligar o fogo, deixar esfriar, e levar à geladeira por no mínimo duas horas, para apurar o sabor. Tirar da geladeira e passar para uma tigela, coando. Reserve. Corte os pães em fatias médias. Reserve. Em outra tigela, bata os ovos com um garfo até ficar uma mistura homogênea. Leve uma frigideira com óleo ao fogo para aquecer. Na tigela com o leite, coloque algumas fatias de pão e deixe de molho por alguns segundos. Em seguida, escorra o excesso do leite. Passe as fatias pelos ovos batidos e coloque imediatamente na frigideira. Deixe cada lado dourar por aproximadamente 2 minutos. Retire as rabanadas com uma escumadeira e transfira para um prato forrado com papel-toalha. Se o óleo ficar muito sujo, passe-o por uma peneira forrada com papel-toalha. Num prato fundo, misture o açúcar e a canela. Polvilhe as fatias com a mistura. Sirva a seguir.

Dicas

Eu gosto das rabanadas bem molhadinhas, então deixo o pão de molho por alguns segundos no leite. Se você prefere as rabanadas mais sequinhas, apenas molhe as fatias de pão no leite, passando logo em seguida no ovo.

Se fizer as rabanadas no dia anterior e mantê-las na geladeira durante a noite, elas ficarão mais úmidas e saborosas.

 

Pãozinho com mozzarella, alho e ervas

A semana mal começou e já terminou. Um feriado prolongado assim no meio do ano, quando a gente já está pedindo férias, cai muito bem, né? E o que cai bem também e combina perfeitamente com véspera de feriado, são esses deliciosos pãezinhos, que são ótimos para petiscar! Apesar de ter que sovar a massa e esperar o tempo de fermentação, eles são bem simples e fáceis de fazer. Os meus já estão aqui, prontinhos, só esperando o happy hour para serem devorados! 😍 🍺

Para a massa

– 1 3/4 xícara de chá de farinha de trigo.

– 1 colher de chá de fermento seco instantâneo.

– 1/2 colher de chá de sal.

– 1 colher de sopa de azeite extravirgem.

– 1/2 xícara de chá de água quente.

Modo de preparo: juntar a farinha, o fermento e o sal em uma tigela grande e abrir uma cavidade no centro. Adicionar o azeite e a água e misturar até formar uma massa homogênea. Sovar em uma superfície enfarinhada por 5 a 10 minutos, até a massa ficar macia e elástica. Colocar em uma tigela untada com azeite e cobrir com filme plástico. Deixar descansar em local aquecido por cerca de 1 hora ou até dobrar o volume.

Preaquecer o forno a 220º e untar a forma. Dividir a massa em 8 partes iguais,  modelar os pães em bolinhas e dispor na forma afastados uns dos outros, pois irão crescer. Passar para a parte da cobertura.

Para a cobertura

– 2 colheres de sopa de azeite extravirgem.

– 2 dentes de alho amassados.

– 150 g de mozzarella fatiada.

– pimenta-do-reino a gosto.

.- Alecrim e tomilho

Modo de preparo: misturar o alho com o azeite e espalhar sobre os pãezinhos. Cobrir com o queijo e temperar com pimenta-do-reino. Assar por cerca de 15 minutos ou até dourar e gratinar o queijo. Retirar do forno e salpicar tomilho e alecrim. Servir em seguida!

Dicas

Podemos fazer outras variações de cobertura, ao invés de tomilho e alecrim, podemos salpicar salsinha sobre o queijo, por exemplo. Também fica uma delícia!