Cogumelo paris recheado com cream cheese

Continuando na família dos cogumelos, começo a semana com uma receita que acabei de testar aqui em casa: cogumelos paris recheados com cream cheese. Além de possuir alto índice de concentração de proteínas, e por isso ser muito apreciado por vegetarianos, o cogumelo paris é riquíssimo em vitaminas e contém todos os complexos da vitamina B, trazendo vários benefícios à saúde. Possui também selênio, que atua na prevenção de problemas de tireóide e reforça o sistema imunológico. Além de tudo isso, essa receita é deliciosa, equilibrada, leve e fácil de preparar. É só misturar tudo e pronto! Vai bem como entrada ou como acompanhamento de carnes, por exemplo. Corre testar também!

Ingredientes

– 8 cogumelos-de-Paris (ou Portobello) graúdos.
– 200g de cream cheese.
– 10g de pimenta dedo-de-moça picada sem semente (aproximadamente 1 pimenta, grande).
– 10g de cebolinha brasileira picada.
– 15g de farinha de pão (bater duas fatias de pão de forma no liquidificador).
– Suco de meio limão.
– Sal a gosto.

Modo de preparo: limpe os cogumelos com papel toalha ou com uma pano limpo úmido para retirar a terra. Retire os talos e, com uma colher de chá, raspe os cogumelos removendo um pouco da parte preta, para poder recheá-los. Para o recheio, misture o cream cheese, a pimenta, o suco de limão, a cebolinha e sal a gosto. Recheie os cogumelos e coloque a farinha de pão por cima. Leve ao forno pré-aquecido para gratinar a 200°C por aproximadamente 30 minutos. Está pronto para servir!

Dica

Usei um pouco de queijo parmesão ralado sobre a farinha de pão para finalizar.

Anúncios

Dadinhos de tapioca com queijo-de-coalho

Promessa é dívida! Então aqui vai a receita especial da semana prometida por mim na segunda-feira. Essa receita tirei direito da fonte, ou seja, do site do restaurante Mocotó, onde comi os famosos dadinhos pela primeira vez e me apaixonei 😍. Nunca havia feito em casa até então porque achava que era meio complicado. Hoje perdi o medo, fiz, e não é que ficaram uma delícia? E nem é tão difícil assim, na verdade é bem simples. Se eu fosse você não perderia tempo e me arriscaria também. Vale a pena! Aí vai:

Ingredientes

– 250g de tapioca granulada.

– 250g de queijo-de-coalho ralado.

– 500ml de leite quente.

– 8g ou uma colher de café rasa de sal (pode variar de acordo com o sal do queijo).

– 1 pitada de pimenta branca moída.

Modo de preparo: numa tigela grande, rale o queijo-de-coalho. Junte a tapioca e misture. Tempere com sal e pimenta. Leve o leite para ferver e misture à tigela com a tapioca, mexendo bem, com cuidado para não formar grumos, até que todo leite tenha sido incorporado. Não deixe endurecer muito. Transfira a mistura para a assadeira (20x25cm) forrada com papel filme em todas as faces e espalhe com uma colher. Para deixar a superfície lisa, cubra com filme e aplaine com as mãos. Deixe esfriar e leve à geladeira por pelo menos 3 horas. Transfira a massa para uma tábua, retirando o plástico. Com uma faca, corte em tiras de 2 cm, e as tiras, em cubos. Frite em óleo quente.Sirva com um molho de pimenta agridoce. Com a nossa geleia de pimenta também fica uma delícia!

Dica

Se você preferir, também pode assar os dadinhos. Disponha-os em uma assadeira forrada com papel manteiga, e leve em forno pré-aquecido a 180ºC por aproximadamente 40min ou até dourar.

Geleia de pimenta

IMG_9155Posso dizer que não sou uma pessoa muito resistente à pimenta. Geralmente não me arrisco nas pimentas dos restaurantes baianos, indianos, tailandeses… Sempre peço os pratos que têm níveis mais baixos de “picância”. No entanto, aos poucos, estou me forçando a experimentar mais os temperos mais ardentes! E acho que estou progredindo, pois não me imaginaria a tempos atrás, comendo uma geleia de pimenta. E não é que hoje em dia eu adoro?! Bom, primeiro que ela é agridoce, picante e adocicada ao mesmo tempo, e eu amo esse contraste! Segundo que ela não é tão forte assim, pelo menos para o meu paladar atual. E terceiro que ela vai bem com tudo, com doces, com queijos, com carnes, ou até mesmo para comer com uma torradinha. Tem como não gostar?!

Rende aproximadamente 200g.

Ingredientes:

– 2 pimentas dedo-de-moça.

– 200ml de suco de laranja.

– 1 xícara de chá de açúcar.

– 1 maçã sem casca ralada.

– 1 dente de alho amassado.

– sal a gosto.

Modo de preparo: Cortar a pimenta dedo-de-moça ao meio e com a a ajuda de uma colherzinha de café ou faca, remover as sementes. Cortá-las em pequenos cubos. Em uma panela, juntar a pimenta picada com o suco de laranja, o açúcar, a maçã ralada, o alho e o sal. Misturar bem até diluir o açúcar. Levar para cozinhar em fogo baixo por aproximadamente 40 minutos, ou até ficar em ponto de geléia. Passe para um pote de vidro esterilizado e com tampa. Conservar em geladeira por no máximo 15 dias.

Dicas

Eu, que não sou muito resistente a pimenta, acho a ardência dessa receita bem leve. No entanto, se achar muito picante, pode acrescentar água ou mais suco de laranja. Se achar muito leve, pode carregar mais na pimenta ou até mesmo acrescentar algumas sementes à receita.

Pode ser utilizado qualquer tipo de maçã. Eu costumo usar a fuji.

Eu reutilizo potes de vidro para conservas e geleias feitas em casa. Porém, primeiro eles devem ser muito bem esterilizados. Para isso, leve bastante água para ferver numa panela grande; coloque o vidro e sua tampa na panela e deixe ferver por no mínimo 15 minutos. Após retirar o vidro da água quente, não coloque em nenhuma superfície muito gelada, pois o vidro pode estourar. Espere o pote esfriar para utilizá-lo.