Sopa creme de milho verde

Inverno pede sopa né? Mas isso não quer dizer que a gente tenha que passar horas na cozinha preparando um caldinho que esquente. Essa sopa creme de milho verde é uma das mais práticas e rápidas que conheço. É pá-pum!

INGREDIENTES

– 2 latas de milho-verde (400 g)
– 2 colheres de sopa de manteiga
– ½ cebola picada fino
– 2 xícaras de chá de leite
– 1 colher de sopa de cebolinha picada fino
– bacon em cubos
– sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO: Coloque o bacon em um prato forrado com papel toalha. Cubra com papel toalha também. Leve ao microondas em potência alta por 3 minutos ou até ficarem torradinhos. Reserve. Abra as caras de milho e passe por uma peneira para escorrer o líquido. Leve uma panela ao fogo médio e derreta a manteiga. Junte a cebola e refogue até ficar transparente, por cerca de 2 minutos. Junte o milho e refogue por 3 minutos. Tempere com sal e pimenta-do-reino e acrescente o leite. Cozinhe por mais 2 minutos, mexendo de vez em quando. Desligue. Transfira a mistura para a jarra do liquidificador e bata por aproximadamente 4 minutos. Segure firme a tampa do liquidificador com um pano de prato para evitar que o vapor do caldo abra a tampa. Coloque uma peneira sobre a panela e coe o creme. Com as costas de uma colher, pressione o bagaço, para extrair o máximo de liquido que puder. Volte a panela ao fogo médio e deixe cozinhar por cerca de 2 minutos ou até a sopa esquentar. Na hora de servir, salpique a cebolinha e o bacon.

 

Bolo de cenoura

O inverno chegou e com ele aquela vontade de comer um bolo gostoso com um café bem quentinho! Tinham cenouras sobrando aqui em casa, então resolvi usá-las fazendo um bolo para matar essa vontade. Clarice também ajudou e tirou uma soneca enquanto a mamãe preparava tudo. Essa receita é uma das mais tradicionais, não tem novidade. É super simples e rápida!

INGREDIENTES PARA O BOLO

– 1/2 xícara de chá de óleo
– 4 ovos
– 2 cenouras médias cortadas em pedaços
– 2 xícaras de açúcar
– 2 xícaras de farinha de trigo
– 1 colher de sopa de fermento em pó

MODO DE PREPARO: no liquidificador, bater as cenouras, o óleo, os ovos e o açúcar. Em seguida, transferir a mistura para outro recipiente, e aos poucos ir adicionado a farinha, misturando com um batedor de arame. Por último adicionar o fermento e transferir para uma forma untada e enfarinhada. Levar ao forno pré-aquecido a 180 graus por aproximadamente 45 minutos. Para verificar se está pronto, faça o teste do palito.

INGREDIENTES PARA A COBERTURA

–  ½ xícara de chá de chocolate em pó
– ⅓ de xícara de chá de açúcar
– 1 colher de sopa de manteiga
– ⅓ de xícara (chá) de água

MODO DE PREPARO: em uma panela junte o chocolate, o açúcar, a manteiga e a água. Leve ao fogo médio e mexa com o batedor de arame até ferver. Depois que começar a ferver, mexa por mais 4 minutos, até a calda engrossar e começar a desgrudar do fundo da panela. Jogue a calda quente sobre o bolo frio já desenformado e deixe esfriar. Sirva com um cafezinho! 🙂

 

Bolo de pamonha

Continuando no tema das festas juninas e aproveitando o friozinho que tem feito em Sampaulo nesses últimos dias, resolvi fazer hoje um bolo de milho que a gente pode comer quentinho! Ele fica tão cremoso, que foi apelidado de bolo de pamonha, e ao invés de usar o garfo, o ideal é comê-lo em colheradas. Pode-se dizer que é um exemplar perfeito da “comfort food” brasileira. Acompanhado de um cafezinho então, nem se fala. Hum… É comer e se sentir acariciadx…

INGREDIENTES
–  2 xícaras de chá de milho em lata (sem a água) ou milho cru debulhado.
– 1 xícara de chá de leite
– 2/3 de xícara de chá de açúcar
– 1 colher de sopa de manteiga em temperatura ambiente
– 2 ovos
– 1/4 de xícara de chá de fubá
– 1 colher de sopa de fermento em pó
– manteiga e fubá para polvilhar
– canela em pó a gosto para polvilhar


MODO DE PREPARO: preaqueça o forno a 180 ºC (temperatura média). Unte com manteiga um refratário pequeno. Polvilhe com fubá. No liquidificador coloque o milho, o leite, o açúcar e a manteiga. Bata até triturar bem os grãos. Acrescente os ovos e bata para misturar. Junte o fubá e o fermento e bata apenas para misturar – a consistência da massa é bem líquida. Transfira a massa de bolo para o refratário untado e leve ao forno preaquecido. Deixe assar por cerca de 45 minutos até começar a dourar na superfície. Para verificar se o bolo está assado espete um palito: o bolo deve estar assado na superfície mas ainda cremoso no centro. Retire do forno e deixe esfriar. Sirva polvilhado com canela em pó.

DICAS

Já que esse bolo é cremoso para comer quente ou frio, em colheradas e não em fatias, você também pode assá-lo em recipientes individuais, assim como eu fiz!

 

 

 

 

Torta salgada de liquidificador

Andei meio sumida essa semana toda, eu sei… 🙈 Mas estou de volta! E já que hoje é sexta-feira, uma receita super prática, com cara de fim-de-semana para vocês: torta salgada de liquidificador. Essa torta é super gostosa e versátil, pois além da massa ser super rápida – é só bater tudo no liquificador – ela vai bem com todo tipo de recheio, frango com requeijão, legumes, sardinha, frios, e o que mais a sua criatividade e vontade mandarem! Eu fiz com um recheio de atum, um dos meus preferidos. Fica uma delícia! Da tempo de fazer para o happy hour!

PARA A MASSA

Ingredientes

– 2 xícaras de chá de farinha de trigo.

– 3 ovos.

– 1 colher de chá de sal.

– 1/2 xícara de chá de óleo.

– 1 1/4 de xícara de chá de leite.

– 3/4 de xícara de chá de parmesão ralado fino.

– 1 colher de sopa de pó royal.

Modo de preparo: Bater todos os ingredientes no liquidificador.

PARA O RECHEIO

Ingredientes

– 2 colheres de sopa de azeite.

– 1/4 de uma cebola média em cubos (divida a cebola ao meio, e a metade ao meio novamente).

– 1 lata de atum sem tempero.

– 2 tomates pelados (em lata) picados com 2 colheres de sopa do molho.

– 1/2 xícara de chá de milho verde (em lata).

– 1/2 xícara de chá de ervilhas (em lata).

– 1/4 de xícara de chá de azeitonas verdes fatiadas.

– 1 colher de sopa bem cheia de requeijão.

– sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de preparo: em uma panela, aquecer as duas colheres de sopa de azeite e refogar a cebola picada até começar a dourar. Adicionar o atum e apertar com um garfo até ficar bem soltinho. Adicionar os 2 tomates pelados picados com o molho e deixar cozinhar por aproximadamente 3 minutos. Adicionar o milho, a ervilha e as azeitonas. Temperar com sal e pimenta-do-reino a gosto. Adicionar 1 colher de sopa de requeijão e deixar cozinhar por mais 1 minuto.

Montagem

Untar uma forma pequena (25x30cm) com óleo e despejar a metade da massa. Colocar o recheio por cima e sobre o recheio, despejar o restante da massa. Finalizar com um pouco de queijo parmesão ralado por cima e levar ao forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 1 hora ou até dourar.

Dica

Se a massa ficar muito espessa, acrescente um pouco mais de leite. O ponto certo é de um creme bem consistente e espesso.

Lasanha de berinjela

 

Essa semana estou bem prática! Aliás, eu acho que todas as receitas que postei aqui no QTMDC até hoje, têm em comum a praticidade. Alguns pratos exigem um pouco mais de tempo, outros menos, mas todos são relativamente fáceis no preparo. A receita de hoje, além de prática é super saudável e é vegetariana, uma lasanha de berinjela! Ou seria uma lasanha de beringela? Bom, pelo que sei, as duas formas estão corretas, mas como eu teria que escolher uma delas para fazer essa postagem, me decidi por utilizar  a que dizem ser a mais corrente no Brasil, que é berinjela com “j”. Mas voltando à receita, para deixá-la ainda mais prática, utilizei molho de tomate pronto, um molho orgânico que comprei no Instituto Chão, na Vila Madalena. O molho é muito gostoso, pode usar sem medo, e o melhor é que é só colocar em uma panela para esquentar. No caso da lasanha, não é necessário nem isso, já que ela vai ao forno. É claro que um molho caseiro é inigualável, mas não é sempre que temos tempo para fazer, né? Nessa hora os molhos prontos são uma ótima opção!

Ingredientes

– 2 berinjelas grandes.

– 3 xícaras de molho de tomate pronto.

– 350g de mussarela light fatiada.

– 3/4 de xícara de parmesão ralado.

Modo de preparo: lave bem e seque as berinjelas. Em uma tábua, corte as pontas das berinjelas e descarte. Corte em fatias finas no sentido do comprimento. Se tiver aqueles raladores/fatiadores, fica bem mais fácil! É sempre bom descartar a primeira e a última fatias, pois são praticamente só a casca. Aqueça uma frigideira em fogo alto, regue com um fio de azeite, e grelhe as berinjelas por 1 a 2 minutos de cada lado, até que amoleçam um pouco. Repita o processo até o fim das berinjelas. Como o molho já está pronto, é só começar a montagem: em uma forma pequena (a que usei tem 25x30cm), coloque um pouco do molho no fundo e por cima disponha uma camada de berinjela, seguida por uma camada de molho e uma camada de mussarela. Após a camada de mussarela, comece novamente com a camada de  berinjela, seguida por uma camada de molho e outra de mussarela, e assim por diante. Finalize com uma camada de  molho, seguida por uma camada de mussarela e polvilhe com o parmesão ralado. Leve ao forno pré-aquecido a 200° por aproximadamente 40 minutos ou até que a lasanha esteja gratinada.