Coulis de Frutas Vermelhas

Esse coulis de frutas vermelhas além de ser super fácil, é muito versátil! Vai bem como recheio de bolos, cobertura de sobremesas como sorvetes, cheesecakes, panacotas, combina perfeitamente com panquecas, iogurtes, waffles… É simples e rápido, vale a pena experimentar!

INGREDIENTES

– 200g de frutas vermelhas frescas (eu utilizei morangos, amoras e mirtilos)
– 40g de açúcar refinado
– 1 colher de sopa de suco de limão

MODO DE PREPARO: misturar todos os ingredientes em uma panela e levar ao fogo baixo para cozinhar. Cozinhar por aproximadamente 5 minutos, ou até que as frutas fiquem macias. Se quiser uma calda lisa e sem pedaços, bata com o mixer. Como eu queria um coulis rústico e pedaçudo, apenas amassei com um amassador (não espremedor) de batatas e mantive os pedaços das frutas. Use como sua criatividade mandar!

Anúncios

Novidade do “Quem Tem Medo de Cozinha?”

IMG_3727

Baunilha com doce de leite, damasco e nozes. Cobertura de chantininho espatulado e decoração em chantininho colorido e suspiros. O unicórnio em pasta é da “Maria com Açúcar”

Temos uma boa notícia para você que sempre perguntou sobre nossos bolos e sobre a possibilidade de encomendas e comercialização. Agora você poderá ter os nossos bolos na sua casa! Sim, isso mesmo! Depois de muita pesquisa, vários testes, degustações  entre amigos e parentes, montamos um catálogo com bolos de vários tipos (tradicionais de corte, decorados com chantininho, brigadeiro, buttercream, drip cake, naked cake, mini naked cake…) e sabores! São bolos personalizados, feitos artesanalmente, com os melhores ingredientes e muito carinho! Para mais informações ou para receber o nosso catálogo, envie um email para: quemtemmedodecozinha@gmail.com

Festival Fartura – Comidas do Brasil – São Paulo

festival fartura 2018Já ouviu falar no Festival Fartura? Trata-de de um evento que promove e desenvolve a gastronomia nacional, reunindo e integrando produtos, produtores, chefs, indústria, mercados e apreciadores da boa mesa. O festival reúne chefs e produtores de todos os estados do Brasil em um só lugar! Os visitantes têm a oportunidade de experimentar pratos,  de participar de palestras, de aulas teóricas e interativas com os chefs, e de comprar produtos para levar para casa. O encontro ainda conta com programação cultural, que inclui atrações musicais e cênicas. A edição de São Paulo acontece nesse final de semana, 04 e 05 de agosto, no Jockey Club, e os ingressos custam R$25,00 inteira e R$12,50 meia entrada.

Para ver a programação completa e para mais informações, acesse abaixo o site do evento.

http://farturabrasil.com.br/blog-festivais/2018-festival-fartura-sao-paulo/

FESTIVAL FARTURA – COMIDAS DO BRASIL 
Jockey Club
Av. Lineu de Paula Machado, 1263 – Cidade Jardim
São Paulo – S.P.
Sáb – 12h às 22h
Dom – 12h às 20h

Molho pesto de espinafre com castanha de caju

Como fazer molho pesto substituindo os ingredientes principais pelos ingredientes que eu tinha em casa? Ou em outras palavras, como fazer molho pesto sem manjericão e sem nozes? Foi me perguntando isso que descobri essa receita deliciosa de molho pesto de espinafre com castanha de caju! Na verdade eu pesquisei várias receitas, mudei um pouquinho aqui, mudei outro pouquinho ali, e criei a minha versão. O espinafre entra no lugar do manjericão e a castanha de caju substitui as nozes. Um molho simples e muito rápido que, além de acompanhar massas maravilhosamente bem, também pode ser servido com grelhados e saladas.

INGREDIENTES

– 1 maço de espinafre
– ½ xícara de chá de castanha de caju (sem sal)
– ½ xícara de chá de queijo parmesão ralado na hora
– ½ xícara de chá de azeite
– 1 dente de alho
– sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO: Destaque as folhas dos talos de espinafre e lave. No liquidificador, junte as folhas de espinafre, as castanhas, o parmesão ralado, o dente de alho e o azeite. Tempere com sal e pimenta-do-reino e bata até formar um molho liso. Sirva com sua massa preferida, grelhados ou saladas.

Mousse de chocolate vegana – com abacate

Essa mousse de chocolate vegana feita com abacate e cacau é ótima para os intolerantes à lactose mas também é uma boa pedida  para quem quer comer um doce sem abrir mão de uma dieta saudável e natural.

INGREDIENTES

– 1 banana nanica média
– 1/2 xícara de abacate maduro (aproximadamente 1/2 abacate, a depender do tamanho)
– 3 colheres de sopa de cacau em pó
– Melado de cana, mel, açúcar mascavo, açúcar demerara, açúcar de coco para adoçar (opcional e a gosto)

MODO DE PREPARO: corte a banana em rodelas e leve para congelar até que fiquem bem duras (aproximadamente 3h). No liquidificador ou processador bata o abacate cortado em pedaços, a banana, e o cacau. Adoce se desejar.

Bisnaguinha de leite

Sempre fui de cozinhar ou preparar quase tudo que consumo no meu dia a dia. Alimentos ultraprocessados, bolos industrializados, pratos congelados, sucos de caixinha, nunca foram muito consumidos aqui em casa, a não ser eventualmente, claro. Afinal, quem nunca? Mas os ingredientes frescos são muito mais frequentes por aqui que os enlatados, por exemplo. Depois que Clarice nasceu, minha dieta que já era saudável ficou ainda mais. Desde que ela começou a comer alimentos sólidos, reduzimos a quase zero os produtos ultraprocessados, ou que contenham conservadores, aditivos químicos, algum ingrediente produzido artificialmente. Vocês já leram por exemplo, os ingredientes que vêm descritos no rótulo da bisnaguinha? Entre alguns conhecidos nossos, estão: emulsificantes monoglicerídeos de ácido graxos, estearoil-2-lactil lactato de sódio, conservador propionato de cálcio, e vários aditivos que não sabemos o que são, para que servem, ou como se comportam em nosso organismo quando consumidos por um longo período de tempo. Por essas e outras, estou produzindo em casa cada vez mais o que a gente come, inclusive a nossa própria bisnaguinha. A gente consome um pão mais saudável, a Clarice – que não tem problema algum com glúten – adora, e além de ser muito mais gostosa que as bisnaguinhas industrializadas, é bem fácil de fazer e deixa um cheirinho delicioso pela casa enquanto está assando!

INGREDIENTES

– 550g de farinha de trigo
– 90g de açúcar refinado
– 7g de sal
– 20g de fermento biológico seco (2 envelopes)
– 1 ovo
– 50g de manteiga derretida
– 300ml de leite integral morno

MODO DE PREPARO: na tigela da batedeira coloque os ingredientes secos: farinha, açúcar, sal, fermento e misture. Adicione os outros ingredientes: ovo, manteiga e leite. Bata com o gancho por aproximadamente 15 minutos, ou até que a massa comece a desgrudar das laterais da tigela. Retire da batedeira, modele uma bola e transfira para um recipiente untado com óleo. Cubra com papel filme e deixe descansar até dobrar de volume. Isso irá depender do clima de onde você mora, para mim levou uns 40 minutos. Aperte um pouco com as pontas dos dedos para liberar as bolhas de ar e divida a massa em 12 partes iguais, formando bolinhas. Com um rolo, abra as bolinhas como se fosse um retângulo, e depois enrole os retângulos em formato de um pãozinho (como se fosse um rocambole). Distribua os pães em uma forma (20X30cm) untada com manteiga e farinha,  deixando 1cm de distância entre eles. Pincele um ovo ligeiramente batido sobre cada um e deixe crescer até dobrar de volume. Leve para assar em forno pré-aquecido a 180 graus até que fiquem douradas.

DICA

Dependendo da farinha utilizada a textura da massa pode mudar. Se achar que a massa está muito mole, adicione um pouco mais de farinha. Se achar muito seca, adicione um pouco mais de leite.