Coulis de Frutas Vermelhas

Esse coulis de frutas vermelhas além de ser super fácil, é muito versátil! Vai bem como recheio de bolos, cobertura de sobremesas como sorvetes, cheesecakes, panacotas, combina perfeitamente com panquecas, iogurtes, waffles… É simples e rápido, vale a pena experimentar!

INGREDIENTES

– 200g de frutas vermelhas frescas (eu utilizei morangos, amoras e mirtilos)
– 40g de açúcar refinado
– 1 colher de sopa de suco de limão

MODO DE PREPARO: misturar todos os ingredientes em uma panela e levar ao fogo baixo para cozinhar. Cozinhar por aproximadamente 5 minutos, ou até que as frutas fiquem macias. Se quiser uma calda lisa e sem pedaços, bata com o mixer. Como eu queria um coulis rústico e pedaçudo, apenas amassei com um amassador (não espremedor) de batatas e mantive os pedaços das frutas. Use como sua criatividade mandar!

Bisnaguinha de leite

Sempre fui de cozinhar ou preparar quase tudo que consumo no meu dia a dia. Alimentos ultraprocessados, bolos industrializados, pratos congelados, sucos de caixinha, nunca foram muito consumidos aqui em casa, a não ser eventualmente, claro. Afinal, quem nunca? Mas os ingredientes frescos são muito mais frequentes por aqui que os enlatados, por exemplo. Depois que Clarice nasceu, minha dieta que já era saudável ficou ainda mais. Desde que ela começou a comer alimentos sólidos, reduzimos a quase zero os produtos ultraprocessados, ou que contenham conservadores, aditivos químicos, algum ingrediente produzido artificialmente. Vocês já leram por exemplo, os ingredientes que vêm descritos no rótulo da bisnaguinha? Entre alguns conhecidos nossos, estão: emulsificantes monoglicerídeos de ácido graxos, estearoil-2-lactil lactato de sódio, conservador propionato de cálcio, e vários aditivos que não sabemos o que são, para que servem, ou como se comportam em nosso organismo quando consumidos por um longo período de tempo. Por essas e outras, estou produzindo em casa cada vez mais o que a gente come, inclusive a nossa própria bisnaguinha. A gente consome um pão mais saudável, a Clarice – que não tem problema algum com glúten – adora, e além de ser muito mais gostosa que as bisnaguinhas industrializadas, é bem fácil de fazer e deixa um cheirinho delicioso pela casa enquanto está assando!

INGREDIENTES

– 550g de farinha de trigo
– 90g de açúcar refinado
– 7g de sal
– 20g de fermento biológico seco (2 envelopes)
– 1 ovo
– 50g de manteiga derretida
– 300ml de leite integral morno

MODO DE PREPARO: na tigela da batedeira coloque os ingredientes secos: farinha, açúcar, sal, fermento e misture. Adicione os outros ingredientes: ovo, manteiga e leite. Bata com o gancho por aproximadamente 15 minutos, ou até que a massa comece a desgrudar das laterais da tigela. Retire da batedeira, modele uma bola e transfira para um recipiente untado com óleo. Cubra com papel filme e deixe descansar até dobrar de volume. Isso irá depender do clima de onde você mora, para mim levou uns 40 minutos. Aperte um pouco com as pontas dos dedos para liberar as bolhas de ar e divida a massa em 12 partes iguais, formando bolinhas. Com um rolo, abra as bolinhas como se fosse um retângulo, e depois enrole os retângulos em formato de um pãozinho (como se fosse um rocambole). Distribua os pães em uma forma (20X30cm) untada com manteiga e farinha,  deixando 1cm de distância entre eles. Pincele um ovo ligeiramente batido sobre cada um e deixe crescer até dobrar de volume. Leve para assar em forno pré-aquecido a 180 graus até que fiquem douradas.

DICA

Dependendo da farinha utilizada a textura da massa pode mudar. Se achar que a massa está muito mole, adicione um pouco mais de farinha. Se achar muito seca, adicione um pouco mais de leite.

Pasta de beterraba e ricota

Essa pasta de beterraba com ricota além de linda, saudável e super versátil – pode ser servida como antepasto, no lanche natural, com torradinhas… – é bem fácil e fica uma delícia!

INGREDIENTES

– 130g de ricota
– 1 beterraba pequena ou meia grande cozida
– 2 colheres de sopa de leite
– 1 colher de chá de sal
– 1 colher de chá de suco de limão
– 1 colher de chá de azeite
– 1 dente pequeno de alho triturado
– pimenta do reino a gosto

MODO DE PREPARO: colocar todos os ingredientes no processador, liquidificador ou mixer e bater até que fique uma pasta homogênea.

DICAS

As quantidades de sal, azeite e suco de limão podem variar de acordo com o seu gosto. Eu sempre experimento e corrijo no final.

ASSISTA O VÍDEO DA RECEITA

Berinjela recheada com ricota

Vamos começar a semana com um prato gostoso e leve? Pra mim, berinjela é bom de qualquer jeito, mas essa versão recheada é uma das minhas favoritas. Geralmente as receitas pedem para cozinhar a berinjela em água antes de  preparar o recheio. Na minha versão, levo para assar no forno, o que faz toda a diferença no sabor e na textura.

INGREDIENTES

– 1 Berinjela grande
– 1 tomate
– 1 xícara de ricota
– 1/4 de xícara de nozes picadas
– 1 colher de sopa de uva passa
– 1 dente de alho
– Tomilho a gosto
– azeite a gosto
– sal a gosto
– Queijo parmesão a gosto

MODO DE PREPARO: corte a berinjela ao meio no sentido do comprimento e deixe de molho em água com 1 colher de sopa de sal por aproximadamente 10 minutos. Isso faz com que tire o amargor. Enquanto isso, tire as sementes do tomate e corte em pedaços pequenos. Amasse a ricota com um garfo e misture ao tomate. Adicione o tomilho, as nozes picadas e as passas,  tempere com um pouco de sal e regue com azeite. Reserve. Escorra a berinjela e faça cortes cruzados na polpa (formando losangos). Descasque o alho, corte ao meio no sentido do comprimento e coloque as partes sobre cada metade da berinjela. Tempere com sal, pimenta do reino, regue com bastante azeite e leve ao forno a 230 graus por aproximadamente 35 minutos, ou até que fiquem douradas. Retire do forno e raspe a polpa com uma colher. Amasse o alho. Junte tudo com a mistura de tomate e ricota. Acerte o sal e a pimenta se necessário. Coloque a mistura dentro das cascas da berinjela. Cubra com parmesão ralado e leve ao forno para gratinar. Sirva em seguida.

Muffin vegano de cacau

Quer um muffin de cacau beeem fofinho, úmido e gostoso? Então essa é a receita! Além de tudo é vegano, não leva ovo nem leite. Ideal para quando bate aquela vontade repentina de comer um bolinho pois é bem rápido e fácil de fazer. Não precisa usar batedeira ou liqüidificador, dá para bater à mão com o batedor de arame.

INGREDIENTES

– 1 xícara de chá de farinha de trigo
– 1/2 xícara de chá de cacau em pó (usei 50%)
– 3/4 de xícara de chá de açúcar mascavo
– 1 colher de chá de bicarbonato de sódio
– 3/4 de xícara de água
– 1/3 de xícara de chá de óleo
– 3 colheres de chá de vinagre branco
– 1 pitada de sal

MODO DE PREPARO: Misture os ingredientes secos peneirados em uma vasilha (farinha de trigo, açúcar mascavo, cacau em pó, sal e bicarbonato). Em seguida, acrescente o óleo e vá colocando a água aos poucos, mexendo com o batedor de arame. Por último adicione o vinagre. Distribua a massa em forminhas de muffins untadas com manteiga sem sal e cacau em pó. Eu usei forminhas de empadinha cobertas com forminhas de papel. Nesse caso não precisa untar. Leve ao forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 25 minutos. Faça o teste do palito para ver se está pronto, pois o tempo dependerá do tipo de cada forno. Para finalizar, polvilhe cacau em pó sobre os bolinhos.

Biscoitinhos de leite ninho

Quer fugir do tradicional chocolate para presentear pessoas queridas na Páscoa? Esses biscoitinhos de leite ninho são uma opção criativa e super gostosa, além de serem fáceis de fazer e bem mais baratas que os ovos industrializados!

INGREDIENTES

– 180g de manteiga
– 180g de açúcar refinado
– 320g de farinha de trigo
– 40g de Leite Ninho
– 1 ovo
– 1 colher de chá de essência de baunilha

MODO DE PREPARO: Levar a manteiga cortada em cubos, a farinha, o açúcar e o leite ninho ao processador até que vire uma farofa. Acrescentar o ovo ligeiramente batido com a essência de baunilha e voltar a processar até a massa ficar homogênea. Colocar em plástico filme e levar à geladeira por no mínimo 1 hora. Retirar da geladeira e remover o plástico. Colocar a massa sobre uma folha de papel manteiga e cobri-la com outra folha de papel manteiga. Abrir a massa em meio ao papel manteiga com rolo na espessura de aproximadamente ½ centímetro. Cortar nos formatos desejados (eu usei cortadores de coelhinhos, ovinhos e corações) e voltar novamente a geladeira por mais 20 minutos antes de assar. Assim que tirar da geladeira, leve imediatamente para o forno pré aquecido a 180º C por aproximadamente 20 minutos, ou até que estejam com as bordas ligeiramente douradas. Espere esfriar e passe pelo leite em pó.

Palha italiana de leite ninho

Adoro leite ninho, adoro palha italiana, e amei esse casamento entre os dois! A palha italiana de leite ninho fica incrível! A receita é super simples e fácil, difícil é conseguir parar de comer!

INGREDIENTES

– 1 lata de leite condensado
– 3 colheres de sopa de leite ninho
– 1 colher de sopa de manteiga sem sal
– 200g de bolacha maisena picada.

MODO DE PREPARO: misturar todos os ingredientes, com exceção da bolacha, e levar ao fogo médio mexendo até começar a soltar do fundo da panela. Apagar o fogo, adicionar as bolachas picadas e misturar até incorporá-las ao creme. Despejar a mistura em uma forma coberta com papel manteiga e alisar com uma espátula ou com as costas de uma colher. Levar à geladeira por no mínimo 1 hora. Tirar da geladeira, cortar em quadradinhos e passar no leite ninho. Servir em seguida!