Sopa creme de milho verde

Inverno pede sopa né? Mas isso não quer dizer que a gente tenha que passar horas na cozinha preparando um caldinho que esquente. Essa sopa creme de milho verde é uma das mais práticas e rápidas que conheço. É pá-pum!

INGREDIENTES

– 2 latas de milho-verde (400 g)
– 2 colheres de sopa de manteiga
– ½ cebola picada fino
– 2 xícaras de chá de leite
– 1 colher de sopa de cebolinha picada fino
– bacon em cubos
– sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

MODO DE PREPARO: Coloque o bacon em um prato forrado com papel toalha. Cubra com papel toalha também. Leve ao microondas em potência alta por 3 minutos ou até ficarem torradinhos. Reserve. Abra as caras de milho e passe por uma peneira para escorrer o líquido. Leve uma panela ao fogo médio e derreta a manteiga. Junte a cebola e refogue até ficar transparente, por cerca de 2 minutos. Junte o milho e refogue por 3 minutos. Tempere com sal e pimenta-do-reino e acrescente o leite. Cozinhe por mais 2 minutos, mexendo de vez em quando. Desligue. Transfira a mistura para a jarra do liquidificador e bata por aproximadamente 4 minutos. Segure firme a tampa do liquidificador com um pano de prato para evitar que o vapor do caldo abra a tampa. Coloque uma peneira sobre a panela e coe o creme. Com as costas de uma colher, pressione o bagaço, para extrair o máximo de liquido que puder. Volte a panela ao fogo médio e deixe cozinhar por cerca de 2 minutos ou até a sopa esquentar. Na hora de servir, salpique a cebolinha e o bacon.

 

Sopa creme de mandioquinha ou batata-baroa

Hoje é sexta-feira, a semana está chegando ao fim, e para finalizar a série especial com pratos para deixar o inverno menos frio e mais gostoso, postarei mais uma receita fácil e deliciosa de sopa! Além de fácil essa sopa creme é super simples, leva pouquíssimos ingredientes. O que não quer dizer que ela não fique muito saborosa.

Ingredientes

– 4 mandioquinhas (batata-baroa).

– 1 cebola.

– 2 dentes de alho.

– 1 colher de sopa de azeite.

– 4 xícaras de chá de água.

– sal e pimenta-do-reino a gosto.

Modo de Preparo: descasque as mandioquinhas e corte-as em rodelas grandes. Pique a cebola e o alho. Leve uma panelinha ao fogo médio. Quando aquecer, regue com o azeite. Junte a cebola e refogue, mexendo sempre, até ficar transparente. Neste momento, junte o alho e misture por 1 minuto. Acrescente as rodelas de mandioquinha, a água e misture novamente. Tempere com sal e pimenta-do-reino e deixe cozinhar por 10 minutos ou até que a mandioquinha fique macia, desmanchando. Durante o cozimento a panela deve ficar parcialmente tampada. Desligue o fogo. Bata tudo com o mixer na própria panela, com cuidado para não se queimar. Se preferir, deixe esfriar um pouco, transfira para o liquidificador, e bata até que fique uma sopa lisa. Se ficar muito espessa, coloque um pouco mais de água quente. Verifique o sabor; se quiser, tempere com sal e pimenta-do-reino. Um fio de azeite também vai bem. Volte o creme para a panela, ferva um minutinho e pronto! Sirva quente.

Sopa de abóbora com gengibre

Nem só de sopa é feito o inverno mas também não podemos deixá-la de fora do especial de inverno do QTMDC, né? Afinal, tem coisa mais gostosa do que chegar em casa num dia frio e nublado como o de hoje em Sampa e se aquecer com uma sopa quentinha? E para esquentar ainda mais e dar um sabor todo especial, um toque de gengibre é sempre bem vindo! Então vamos à receita?

Ingredientes

– 1/2 abóbora japonesa descascada e cortada em cubos.

– 1 pedaço de 5 cm de gengibre fatiado.

– 1 cebola cortada em 4 partes.

– 3 dentes de alho descascados.

– 1 1/2 l de água.

– sal e pimenta-do-reino a gosto.

– azeite a gosto.

Modo de Preparo:  coloque a água em uma panela grande. Junte a abóbora cortada em cubos, o gengibre, o alho, e a cebola. Leve ao fogo médio e, assim que começar a ferver, tampe a panela e deixe cozinhar por 40 minutos. Transfira o cozido para um liquidificador – se não couber tudo, bata em etapas. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Se preferir, deixe a sopa esfriar completamente antes de transferi-la para o copo do liquidificador. Volte a sopa para a panela e verifique o sabor. Se quiser, tempere com mais sal e pimenta-do-reino. Regue um fio de azeite e decore com salsinha picada!

Dica

Essa sopa também fica uma delícia se servida com iogurte. Coloque a sopa em um prato fundo e no centro, uma colher de sopa de iogurte natural. Fica especial!

Sopa de ricota com brócolis

Depois de um domingo lindo e ensolarado, a semana começa com uma segunda-feira nublada, chuvosa e fria em Sampa. Então que tal preparar algo quentinho, saudável e leve, para esquentar o corpo e aproveitar para desintoxicar das gordices do fim de semana?! Essa sopa eu descobri na época em que estava de dieta😁… Apesar de parecer insossa já que a base é de ricota, como ela é bem temperada, fica super gostosa! O brócolis também da um sabor a mais. Se quiser perder uns quilinhos, é uma boa opção pois tem pouquíssimas calorias!

Ingredientes

– 1 fatia grossa de ricota.

– 6 buquês de brócolis cozidos na água com sal.

– 1 cebola média.

– 2 dentes de alho.

– 1 xícara de leite desnatado.

– 1 colher de sobremesa de amido de milho.

– 5 xícaras de água.

– 1 envelope de caldo de galinha 0% gordura.

– 3 colheres de sopa de salsinha.

– Sal a gosto.

Modo de preparo: Em uma panela, refogue a cebola picada e o alho amassado em um fio de azeite. Acrescente a água e o caldo de galinha. Deixe ferver. Acerte o sal e acrescente o leite com o amido de milho dissolvido e ferva até engrossar. Desligue o fogo. Reserve. Corte a ricota em cubos e disponha no fundo dos pratos. Despeje o creme por cima e salpique a saldinha. Sirva bem quente com os buquês de brócolis cozidos.

Sopa creme de ervilhas

Está um friozinho bom em São Paulo desde o início da semana. Nesses dias onde o clima é de “não quero sair debaixo das cobertas “, nada melhor que tomar uma sopinha, para esquentar o corpo e o coração❤️.  E é justamente isso que eu vou fazer hoje: sopa creme de ervilhas! Para incrementar um pouco e dar bossa à receita, resolvi adicionar um pouco de paio e bacon ao caldo, porque cá entre nós, ninguém consegue ser saudável o tempo inteiro, né?! E eu adoooro bacon! Mas voltando à sopa, o modo de preparo é bem simples, não vai precisar de panela de pressão nem nada. Para você ter uma noção, o mais complicado será a parte de bater tudo no liquidificador. Então vamos à receita!

Ingredientes:

– 1 1/2 xícara de ervilhas secas lavadas e escorridas.

– aproximadamente 6 xícaras de água fervente.

– bacon em cubos a gosto (coloquei aproximadamente 60g).

– fatias de paio cortadas em meia-lua a gosto (coloquei meio paio).

– 1 colher de chá (cheia) de sal.

– azeite.

Modo de preparo: Aquecer aproximadamente 1 colher de sopa de azeite e fritar o bacon com o paio. Quando estiverem fritos, tirar com uma escumadeira e reservar. Neste mesmo azeite que fritou o bacon com o paio, adicionar 1 1/ 2xícara de ervilhas secas e escorridas. Temperar com 1 colher de chá de sal e fritar um pouco. Adicionar 5 xícaras de água fervente e deixar cozinhar em fogo médio até que as ervilhas estejam desmanchando. Como não utilizaremos panela de pressão, esse processo irá demorar um pouco, mais ou menos uns 40 minutos. Ir mexendo de vez em quando para facilitar que as ervilhas se desmanchem e dessa forma, engrossar o caldo. Se nesse tempo a água secar, ir acrescentando mais aos poucos. Assim que as ervilhas estiverem bem moles e desmanchando, desligar o fogo. Transferir o caldo para o liquidificador e bater até formar um creme. Se ficar muito espesso, acrescentar um pouco de água (pode ser fria mesmo) para dar o ponto. Transferir o creme novamente para a panela, adicionar o bacon e o paio fritos e levar para ferver um pouco em fogo baixo. O creme de ervilhas está pronto! Para finalizar, um fio de azeite, uma salsinha picada, et voilá!